Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Bastidores da política desta terça....

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta terça-feira, 18 de agosto de 2015.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
18 de agosto de 2015

Sobre crise
Manifestações expressivas nas ruas, mas insuficientes para impulsionar absurdo discurso do impeachment. Governo ganha tempo para nova agenda”. O comentário foi feito pelo governador Flávio Dino. Na sua opinião, nova agenda para o Brasil deve incluir imposto sobre grandes fortunas e heranças milionárias, para aumentar financiamento da saúde pública. Também deve tributar mais os bancos, “que mantêm lucros enormes mesmo em momento de crise. Precisamos de Justiça Fiscal”. Para o governador, “a crise politica é impulsionada pela Lava-Jato. Mas a antecede, como passeatas de junho de 2013 demonstraram. Há uma crise de representação. A sociedade se agarra a ‘magistrados-heróis’ exatamente por conta da crise de representação política. Que é universal e pluripartidária”. Flávio Dino entende que o primeiro passo para superar a crise de representação é um diálogo sério e responsável entre os principais partidos do país: PT e PSDB.

Em campo 
No final de semana, quatro pré-candidatos a prefeito de Imperatriz cumpriram agenda junto a segmentos da sociedade. Participaram de encontros Ildon Marques (PMN), Clayton Noleto (PCdoB), Rosângela Curado (PDT) e Delegado Assis (ainda sem partido).  Clayton iniciou o “Diálogos por Imperatriz” ouvindo da diretoria do Steei as demandas dos trabalhadores da Educação para o setor.

Se...
O Solidariedade está decidido a lançar candidato a prefeito em Imperatriz. Mas deixa claro só terá candidatura própria se o PCdoB não lançar candidato. O vereador Rildo Amaral seria a opção do SD. Mas o PCdoB já bateu o martelo em torno do nome de Clayton Noleto. Rildo, inclusive, já adiantou que apoia o secretário de Infraestrutura.    

Devendo
A Cemar está propensa a cortar a energia da bomba do poço de Vila Davi II. Consta que o débito chega a 40 mil reais. A Prefeitura recebeu um comunicado da Cemar, mas informou que até hoje não recebeu o poço, portanto não pode fazer o pagamento. O poço foi perfurado pelo Governo do Estado, após várias reivindicações da Associação de Moradores  da Vila Davi II, com quem foi firmado um convênio para a realização da obra. Os moradores esperam providências urgentes, pois temem a volta do problema da falta de água.     

Ausente
Em Imperatriz a população não fez manifestação contra o governo federal. Cerca de 10 pessoas ainda chegaram a ir à Praça de Fátima, mas logo foram embora. Mas isso não quer dizer que a cidade esteja satisfeita com o governo. O que faltou foi um  trabalho de mobilização para levar o povo às ruas, embora o PSDB, principal adversário do PT, tenha uma forte militância em Imperatriz. 

Será?
A imprensa de São Luís atribuiu ao reitor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Natalino Salgado, a afirmação de que a instituição pode ser obrigada a parar suas atividades no segundo semestre de 2015 se o governo federal fizer os cortes orçamentários. Ele teria feito a declaração durante um encontro com a bancada federal maranhense. A noticia preocupa a comunidade acadêmica. Em Imperatriz, vários cursos estão parados por conta da greve

Nenhum comentário:

Postar um comentário