Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

terça-feira, 12 de abril de 2016

CD tenta levantar recursos para pagar salários...

Na diretoria eleita no fim do ano, poucos continuam.
Imperatriz - A diretoria do Imperatriz vem se especializando em correr a "sacolinha" em busca de dinheiro para saldar seus compromissos financeiros, principalmente, no pagamento de salários de jogadores e comissão técnica.

Após a administração do atual deputado estadual, Léo Cunha, todas que vieram na sequência tiveram essa iniciativa, pra não dizer que andaram com o pires na mão. Carlos Eduardo, Edvaldo Cardoso, Buzuca e agora, na administração do Alexandre Santos, que não chegou a correr a "sacolinha", mas em compensação deixou o time em uma situação financeira de penúria, (mesmo com os repasses recebidos da Copa do Brasil e Copa do Nordeste, além de uma parcela do Governo do Estado), ao ponto da Junta Governativa eleita, (Gregório, Edvaldo Cardoso e Luizinho), tomar a mesma decisão de correr a "sacolinha".

Tendo o advogado, Antonio Torres, à frente do Conselho Deliberativo do clube, ele que foi um dos prepulsores dessa iniciativa, na adiminstração do ex-presidente, Edvaldo Cardoso, repete, agora, a dose, mas de uma forma diferente. Desta feita, os convocados a meterem a mão no bolso são os conselheiros e sócios de diversas categorias do clube. 

O ato, que foi publicado como Edital de Convocação Extraordinária, está previsto para iniciar ás 18 horas, desta terça-feira, na Câmara de Dirigentes Logistas (CDL). Segundo informações, o objetivo dos dirigentes cavalinos é levantar um montante de 80 a 85 mil reais para passar aos jogadores e comissão técnica.

Por parte dos jogadores, segundo me informou o jornalista, Dema de Oliveira, os jogadores decidiram, em reunião, que só viajarão na sexta-feira, para São Luís, se receberem, pelo menos, 50% dos salários atrasados.

O Imperatriz joga no próximo domingo, dia 17, contra o São José, às 16 horas, em São José de Ribamar, pela 3ª rodada do 2º turno do Campeonato Maranhense.

Informativo: Rádio MDB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário