segunda-feira, 22 de abril de 2019

Coluna Na Marca do Pênalti desta segunda...

Imperatriz - Confira os tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", desta segunda-feira, 22 de abril de 2019, do "Jornal Correio", escrita pelo radialista Carloto Júnior.
Radialista Carloto Júnior.

Coluna na Marca do Pênalti
22 de abril de 2019

Primeiro reforço!
Conforme anunciado, a diretoria do Imperatriz anunciou o primeiro reforço, dos quatro prometidos, após a conquista do titulo do Campeonato Maranhense de 2019. Diego Valderrama, aquele mesmo que foi campeão em 2015, está de volta ao Cavalo de Aço. O meio campo, de apenas 24 anos, rodou o Brasil, saindo do Maranhão, passando por São Paulo, Goiás e Rio de Janeiro. Disputou o Campeonato Carioca pela Cabofriense e, agora, retorna para disputar a Série C do Brasileiro. Pela idade é um jogador quem tem muita lenha para queimar, além de ter adquirido mais experiência, já que atuou em outros estados do Brasil. É um jogador eu já conhece o time e alguns dos jogadores, em especial o goleiro Jean, o meio campo Daniel Barros e o atacante Júnior Chicão. Não deve ter problemas de adaptação, até porque foi, praticamente, aqui em Imperatriz que Valderrama apareceu para o futebol profissional, para depois levantar voos mais rasantes. É uma boa contratação e, certamente, agradou à torcida do Cavalo de Aço. Seja bem vindo, de volta, Valderrama.

Ainda é pouco...
...a contratação de Valderrama, pelo Imperatriz, para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C. Com ele, o Cavalo de Aço passa a contar com, apenas, três reforços. A diretoria já havia anunciado as contratações de Aélson (lateral esquerdo) e Val Barreto (atacante). Se levarmos em conta que o Sampaio, que também está na Série C, já contratou nove jogadores, o Imperatriz está muito atrás. Claro que vão falar que o Imperatriz foi campeão, enquanto o Sampaio, sequer, chegou à final. Mas vamos combinar: o Campeonato Maranhense não pode ser termômetro para uma Série C. Quando você olha para os adversários do Imperatriz, fica bem clara a superioridade deles em relação aos adversários do estadual. Times como o Náutico (que eliminou o Imperatriz na Copa do Brasil), Santa Cruz, Botafogo-PB, Treze-PB, ABC-RN, Globo-RN, Ferroviário-CE e Confiança-SE são as principais equipes dos seus estados. Basta o Cavalo de Aço pegar as contratações do Sampaio como parâmetro para perceber a diferença. Não dá para esperar ver como o time vai se sair no início da competição para, depois, começar a contratar. Essa estratégia pode ser suicida, pois se perder pontos dentro de casa. Pode não conseguir recuperar fora. 

Vamos fazer um...
...exercício mental e provocar a seguinte pergunta: porque o Sampaio está conseguindo reforçar seu time e o Imperatriz não? Enquanto o tricolor já anunciou nove contratações após o estadual, o Cavalo de Aço só contratou três. Algo pode está acontecendo para esta diferença gigantesca, seja nas questões financeiras, seja na falta de habilidade nas negociações. Outro detalhe: o Imperatriz só conseguiu contratar jogadores que já passaram por aqui, casos de Aélson (campeão em 2005), Diego Valderrama (campeão em 2015) e Val Barreto (2012). Outro jogador, que passou no Imperatriz, mas não houve acerto é o meio campo Leandro Mineiro, que está no Nacional, de Manaus. Além dele, o zagueiro Michael, também, teve seu nome especulado. Ele que jogou a temporada passada no Imperatriz. Será se o técnico Ru Scarpino, que já treinou tantas equipes do Nordeste, não consegue indicar jogadores que possam vir para o Cavalo de Aço? 

Os principais campeonatos...
...estaduais conheceram seus campeões no fim de semana.  No Rio de Janeiro deu Flamengo; Corinthians em São Paulo; Cruzeiro no Mineiro; Athletico no Paranaense; Avaí no Catarinense; Atlético no Goiano; Bahia no Baiano; Sport no Pernambucano; Botafogo no Paraibano, Fortaleza no Cearense e o Remo no Paraense. O Gaúcho foi decidido no meio de semana e deu Grêmio. Alguns treinadores foram demitidos após o domingo. Alberto Valentim (Vasco), Mauricio Barbieri (Goiás) e Lisca Doido (Ceará). É a velha cultura do futebol brasileiro. Agora, os clubes brasileiros vão focar na Libertadores, Sul Americana, Copa do Brasil e, principalmente, no Brasileiro das Séries A, B e C, que começa nesta semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário