Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Bastidores da política desta quarta....

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta quarta-feira, 03 de fevereiro de 2016.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
03 de fevereiro de 2016

Olha aí!
Estão provocando especulações no meio político as constantes aparições do senador Roberto Rocha (PSB) acompanhado do ex-prefeito Ildon Marques de Souza (PMN), pré-candidato à sucessão do prefeito Sebastião Madeira (PSDB). Ontem, não foi diferente. Rocha foi recepcionado no Aeroporto Renato Moreira por Ildon e os dois chegaram juntos na Câmara Municipal, onde o senador foi homenageado com o Título de Cidadão Imperatrizense. Roberto Rocha é do grupo do governador Flávio Dino (PCdoB) e Ildon Marques do grupo Sarney, só que ultimamente ele está distanciado, caminhando “independente”. Portanto, não seria nenhuma novidade se os dois estiverem costurando uma aliança para as eleições de outubro. O próprio Roberto Rocha, em visita a O PROGRESSO na tarde de ontem, admitiu a possibilidade de o PSB apoiar Ildon. “Não só ele, como também o Pastor Porto e a Rosângela”, disse Rocha, observando que há muito tempo é amigo de Ildon.

Presenças
A solenidade de entrega do título de cidadania foi prestigiada pelo ex-deputado Clodomir Paz e o presidente estadual do PPS, Paulo Matos. Também presente o filho de Roberto Rocha, o vereador de São Luís Roberto Filho. De Imperatriz estava o vice-prefeito Luiz Carlos, representando o prefeito Sebastião Madeira, que estava viajando.

Gota d’água
Ontem, um assunto que dominava uma roda de políticos e aliados eram as declarações que a pré-candidata Rosângela Curado teria dado durante o “Diálogo nos Bairros”, na Vila Nova. Ela teria dito que o problema na saúde é falta de gestão. A crítica é vista como um forte argumento para o prefeito decidir não apoiá-la. Madeira já não tinha a pretensão, agora com a declaração da pré-candidata, deve descartar de vez a possibilidade de o PSDB seguir o PDT.

Desincompatibilização
A equipe do prefeito Madeira sofrerá algumas baixas, no primeiro e segundo escalões. Entre os que deverão sair em março para disputar as eleições estão Cabo J. Ribamar (Setran), Daniel Souza (Regularização Fundiária e Meio Ambiente), Elson Araújo (Comunicação), Júlio Mourão (Sedes), Ricardo Matos (Socorrão) e Zesiel Ribeiro (Educação).

Não vinga
Para o ex-vereador Rui Porão, não deve emplacar a aliança do PV de José Carlos com o PDT de Rosângela Curado, porque o partido do presidente da Câmara é comandado por Sarney Filho e deve seguir a candidatura do Delegado Assis Ramos (PMDB). Não deixa de ter sentido essa observação de Rui, mas quando Sarney Filho entregou o PV a Zé Carlos garantiu que ele tinha toda liberdade para buscar qualquer opção nas eleições de outubro. Entretanto, como em política palavra é o que menos vale, realmente não se pode descartar a ida do PV para a aliança comandada pelo PMDB.

Apoio 
O governador Flávio Dino esteve em Brasília, participando do Fórum dos Governadores. Para o gestor maranhense, “o Brasil precisa dos Estados para vencer a crise”. Flávio Dino é radicalmente contra a proposta de impeachment da presidente Dilma Rousseff, aliás, decisão pela direção nacional do PCdoB, aliado do PT. 

Ausência
O vereador Esmerahdson de Pinho (PSDB) não participou ontem da sessão de reabertura dos trabalhos legislativos. Mas ele justificou a ausência. Esmerahdson foi a São Luís com o deputado Marco Aurélio cumprir uma extensa agenda de visitas a algumas secretarias de Estado. Na Saúde, tratou do Centro de Queimados  no Hospital Macrorregional; na Sinfra, sobre a ciclovia na Beira-Rio e Avenida JK; e na UEMA, sobre o Mestrado em Administração na unidade de Imperatriz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário