Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

sábado, 19 de março de 2016

Bastidores da política deste sábado....

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição deste sábado, 19 de março de 2016.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
19 de março de 2016

Diferença
Veja o que proporciona a um partido quando ele passa a ser comandado por quem tem liderança político-eleitoral. O PSB passou uma longa temporada sem representatividade de destaque em Imperatriz. Vivia sob uma intensa disputa interna entre dois grupos. Com a chegada de Rosi Vicentini, o cenário começou a mudar, com ela tendo a habilidade de desfraldar a bandeira da paz.  Mas isso não é tudo, porque se não tiver o mais importante na política, que é o peso eleitoral, não vai a lugar nenhum. Agora chega Ildon Marques e a sigla aumenta a sua importância. Passa a ter um pré-candidato de peso e, além disso, ganha dois vereadores. Há cerca de 20 anos que o PSB não ocupava uma cadeira no Palácio Dorgival Pinheiro de Souza. Os últimos vereadores foram Simplício Zuza e Ribamar Milhomem, eleitos em 1996. Como se vê, agora se torna um partido de primeira divisão.

E...
Na sexta-feira à noite, o PSB fez um ato de confirmação da filiação de Ildon Marques. Na oportunidade, se filiaram os vereadores Caetana Frazão (ex-PSDB) e Chiquim da Diferro (ex-PR), além de pré-candidatos a vereador. Presente o senador Roberto Rocha, responsável pelo ingresso de Ildon, via Diretório Nacional. A presidente municipal da sigla, Rosi Vicentini, não compareceu.

Ausência
Esperado para o evento do PSB, o deputado federal André Fufuca (PP) não pôde vir de Brasília por causa da escolha dos nomes da comissão que analisará o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Fufuquinha é um dos membros da comissão.

Pé atrás
Ontem o pastor Célio Henrique, presidente municipal do PROS, afirmou que o partido vai esperar até o último minuto para decidir o rumo que tomará nas eleições. Uma coisa é certa: o partido não vai se coligar para cargo proporcional, porque já tem a chapa completa de pré-candidatos a vereador. Ele acredita que o PROS fará de dois a três vereadores.

Mais
Ontem, último dia de filiação para os pretensos candidatos que têm mandato, ainda eram esperadas mais mudanças nos partidos. Eram especulados pelo menos dois nomes de vereadores. A maioria dos 21 trocou de partido. O PSDB foi o que mais perdeu. Foram três – Esmerahdson, Buzuca e Caetana.

Preocupação
O governador Flávio Dino (PCdoB) viajou ontem para Brasília com a finalidade de se reunir com a presidente Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, nomeado ministro da Casa Civil. Seria discutida saída para a “crise institucional” vivida pelo país. Antes de viajar, Flávio Dino comentou que “corremos o risco de uma ruptura da democracia. Por conta disso estou indo a Brasília para uma reunião”.

Posição
O deputado maranhense Aluísio Mendes (PTN) afirmou que se ficar comprovado qualquer crime de responsabilidade praticado pela presidenta Dilma, ele será a favor do seu afastamento. Integrante da comissão especial que analisará o pedido de impeachment, o deputado disse que está preparado para julgar com isenção.

Dúvida
Cético, ontem um observador político perguntou se o deputado federal Weverton Rocha, presidente estadual do PDT, vai mesmo garantir a candidatura de Rosângela Curado. Acha que ele pode ceder às pressões do Palácio dos Leões para o partido apoiar a candidatura do deputado Marco Aurélio (PCdoB). Há quem aposte que é irreversível a pré-candidatura de Rosângela Curado, nem que seja por outro partido. É aguardar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário