Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Bastidores da política desta terça....

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta terça-feira, 15 de setembro de 2015.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
15 de setembro de 2015

Polarização
Com a saída de Clayton Noleto (PCdoB), alguns vêm perguntando se a disputa ficará mesmo somente entre dois ou três candidatos e entre quem ficaria a polarização. Ontem, em visita a O PROGRESSO, a deputada federal Rosângela Curado não descartou a possibilidade de haver mais de três candidatos. Como a coluna de domingo divulgou, hoje há três nomes em destaque - Rosângela Curado (PDT), Ildon Marques (PMN) e Delegado Assis Ramos (PP). E a polarização? Atualmente estão na frente Ildon e Rosângela. Só que a eleição ainda está longe e a política é muito dinâmica. Então, nada é impossível. Imperatriz já teve eleições em que a polarização chegou a ficar entre três candidatos, como em 2014 – Ildon Marques (35.530 votos), Jomar Fernandes (33.849) e Carlinhos Amorim (32.533).

Especulação - I
Nenhum pré-candidato a prefeito se arriscaria, agora, a definir nome do companheiro de chapa. É cedo demais para escolha de vice, as convenções estão longe e agora que os pré-candidatos vão iniciar os entendimentos com os partidos para a formação de alianças. Mas como não deixam de aparecer as especulações, já estão apontando o atual vice-prefeito, Pastor Porto (PPS), como o provável vice do Delegado Assis Ramos (PP). Na verdade, é uma das opções, porque PPS e PP estão caminhando para fechar aliança em São Luís e Imperatriz. Inclusive, a líder do PPS no Estado, Eliziane Gama, esteve prestigiando a filiação de Assis Ramos e o lançamento da sua pré-candidatura.

Especulação – II
O ex-prefeito Ildon Marques foi à inauguração da sede local do PSB, na manhã de sábado. Consta que o senador Roberto Rocha, presidente estadual do PSB, foi almoçar na residência de Ildon. Isso tem gerado especulações, inclusive de que RR está formando um grupo no Maranhão visando as eleições de 2018, quando poderia disputar o governo contra Flávio Dino. Verdade ou não, o certo é que há coisas acontecendo muito antes do que se previa.

Hackers
A Associação Tocantinense de Municípios (ATM) orientou prefeitos a registrarem Boletim de Ocorrência na Polícia Civil sobre a invasão dos sites das prefeituras por hackers, no feriado da Independência. A ATM estima que cerca de 40 sites de prefeituras do Tocantins foram invadidos por hackers e pediu que os prefeitos encaminhem a ela os Boletins de Ocorrência para que possa acompanhar a investigação dos casos junto à Secretaria de Segurança do Tocantins, Polícia Federal e demais órgãos responsáveis.

Obras
Em artigo que O PROGRESSO publica hoje, o governador Flávio Dino destaca a sua visita que fez a Imperatriz e Açailândia, no último final de semana. Ele inaugurou obras e anunciou mais investimentos para a região tocantina, como a segunda etapa do “Mais Asfalto” em Imperatriz e a revitalização da avenida Beira Rio. Segundo Flávio Dino, “muito mais há de vir nos próximos anos”.

Reforma eleitoral
Quanto ao tempo de propaganda eleitoral em Rádio e TV, o Projeto de Lei 5735/13, aprovado na quarta-feira (9) na Câmara dos Deputados, diminui de 45 para 35 dias o período em que ela deve ser transmitida pelas emissoras antes das eleições gerais ou municipais. No caso das eleições gerais, o tempo total na semana passa de 810 minutos para 790 ou 796 minutos, conforme haja renovação de 1/3 ou 2/3 do Senado. Nas eleições municipais, o tempo semanal passa de 390 para 610 minutos, distribuídos entre prefeito e vereador. Mesmo com o aumento semanal do tempo, aquele destinado aos blocos de propaganda diminui e são aumentadas as inserções de 30 seg ou 60 seg, que passam a ser exibidas ainda aos domingos (70 minutos diários).

Nenhum comentário:

Postar um comentário