Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

domingo, 13 de março de 2016

Bastidores da política deste domingo..

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição deste domingo, 13 de março de 2016.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
13 de março de 2016

Polêmica
No ano passado, o assunto mais polêmico debatido pela Câmara Municipal de Imperatriz foi a Lei dos Bares, que mobilizou a sociedade contra a ampliação do horário de funcionamento das casas noturnas para as 4h da madrugada. Este ano, o assunto mais polêmico que a Câmara vai debater poderá ser o projeto de lei sobre a criação do serviço de transporte alternativo de passageiros apresentado na terça-feira (9) pelo presidente da Casa, José Carlos Soares. A proposta permite que as vans atuem na cidade, numa concorrência com os ônibus. Isso poderia provocar até a saída da empresa, porque alegaria inviabilidade de continuar operando na cidade, como ocorreu com a VBL. Para a Ratrans funcionar, a Setran tem o compromisso de impedir a circulação dos ônibus das outras empresas, vans e táxi-lotação. Mas ainda são vistos disputando passageiros com a nova empresa. Na parada dos Correios, uma van ocupava o lugar dos ônibus, com os motoristas buzinando e o vanzeiro nem aí.

Filiação
Continua o suspense em torno da filiação do ex-prefeito Ildon Marques, mas nesta semana acaba. O certo é que ele vai para o PP ou PSB. O deputado federal Fufuquinha, do qual Ildon é suplente e deve assumir em junho ou julho, filiou-se ao PP. Seria o caminho natural do ex-prefeito, mas o senador Roberto Rocha articula junto ao comando do PSB para que Ildon vá para o seu partido, que já tem a advogada Rosi Vicentini como pré-candidata. Ontem, surgiram informações de que já teria sido acertada a filiação ao PSB. Resta aguardar o decorrer da semana que se inicia.

Assim é
Os pré-candidatos a vereador de Imperatriz estão como baratas tontas. Aproxima-se o fim do prazo para filiação e muitos ainda não sabem para onde ir. Todos querendo fugir dos concorrentes considerados fortes. Como na grande maioria dos partidos há pré-candidatos com potencial eleitoral, ficam sem saber para onde ir. Ora, quem se dispõe a enfrentar as urnas não tem que escolher concorrentes. Precisa se preocupar é em ganhar votos. Se acha que não tem cacife, que caia fora.

PTB
Surgiram comentários de que o ex-deputado João Paiva estaria manifestando o interesse de disputar a prefeitura, e o partido seria o PTB. O presidente municipal da sigla, Nonato Costa, negou. À coluna ele informou que Paiva nem filiado ao partido é. O PTB deve fazer aliança com o partido de Ildon Marques.

Demarcação
O sub-relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Funai-Incra, deputado Valdir Colatto (PMDB-SC), afirmou em audiência pública que a CPI vai desvendar a caixa-preta das ilegalidades cometidas nas demarcações de terras indígenas e quilombolas em todo o Brasil, que prejudicam os agricultores e a população do País em geral. “Esta CPI vai mostrar coisas que vão estarrecer o Brasil”, disse o deputado.

Desvios
De acordo com Valdir Colatto, as demarcações de terras indígenas e de quilombolas são marcadas por desvios de recursos, atos ilegais e contaminações ideológicas. Ele disse que o direito à propriedade privada deve ser respeitado para garantir a produção de alimentos no País.

Ocupação
Durante a audiência da CPI, Valdir Colatto refutou a tese de que a população indígena do País estaria sendo dizimada para dar espaço aos grandes produtores rurais. “Os indígenas são 0,4% da nossa população, segundo a Funai, mas têm 14% do território brasileiro. O índice de natalidade dos indígenas é muito superior ao da média população. Não há dizimação”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário