Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Prefeitura resolve problema dos deficientes físicos...

Vereador, professor Adonilson Lima.
Imperatriz - O representante do Movimento da Pessoa com Deficiência Física de Imperatriz, Charles Sebba, usou a Tribuna Popular da Câmara Municipal, durante a sessão desta terça-feira, (22), para explicar a situação dos deficientes da cidade, que faziam greve de fome em frente ao fórum de justiça de Imperatriz. A manifestação pacífica iniciou ontem e encerrou na manhã desta terça-feira assim que souberam que a prefeitura resolveu o problema.

Sebba explicou que o movimento reivindicava o cumprimento de sentença do processo nº 643/06, que disponibiliza gratuitamente a medicação de uso contínuo. Segundo o representante do movimento, há mais de seis meses os deficientes não recebem a medicação necessária, como colírios, próteses, remédios para o ouvido, entre outros.

O vereador Adonilson Lima (PCdoB), fez o convite de uso da Tribuna ao tomar conhecimento de descumprimento do Termo de Ajusta de Conduta, feito entre Prefeitura, secretaria municipal de Saúde e Ministério Público. “Esse TAC que vai completar quase uma década vinha sendo descumprido de maneira regular e, sobretudo nos últimos 180 dias. Essa discussão fez com que o movimento se ampliasse e gerasse uma movimentação desse porte, com cadeirantes fazendo greve de fome e acorrentados e isso criou uma imagem ruim pra nossa cidade.”

Durante a sessão, o vereador Esmerahdson de Pinho (PSDB) fez contato com o prefeito que informou que o processo licitatório no valor de 300 mil reais estaria concluído até ao meio-dia desta terça-feira, para aquisição da medicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário