Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Câmara aprova Monção de Aplausos a Ten-Coronel da PM

Vereadora Caetana, autora da proposta.
Imperatriz – A Câmara Municipal de Imperatriz aprovou por unanimidade nesta quarta-feira, (16), “Moção de Aplauso” ao Tenente-Coronel Edeílson Carvalho, comandante do 14° Batalhão de Polícia Militar. A proposta é de autoria da vereadora Edneusa Caetana Frazão (PSDB).

O reconhecimento é resultado da eficiência e dedicação à frente do comando do 14° BPM, não só em Imperatriz, mas em toda área que abrange os municípios de João Lisboa, Senador La Rocque, Buritirana e Amarante. Sua atuação é digna de elogio e tem contribuído para o amadurecimento da cidadania nas comunidades em que atua e corrobora com o prestígio merecido pela instituição Polícia Militar, principalmente na elucidação de crimes, e assim, contribuindo para uma sociedade mais justa”, justifica ela.

Caetana reconheceu, ainda, que o serviço prestado na segurança pública tem surtido efeito positivo à comunidade de Imperatriz, principalmente na região da grande Vila Cafeteira e demais bairros que compreendem a área do 14° BPM. “É um comandante presente, pois não somente determina, mas pessoalmente participa das operações policiais”, frisa.

O vereador Raimundo Roma (PSL) observou que, embora recém-criado o novo batalhão, o Ten-Cel. Edeílson Carvalho, que enfrenta obstáculos devido à falta de infraestrutura, mostra um trabalho eficiente no combate à criminalidade em Imperatriz. “Temos que reconhecer a inteligência dele (Edeílson) que faz um esforço enorme para garantir a segurança do cidadão imperatrizense, mesmo com efetivo reduzido e a falta de viaturas”, lembra.

O vereador Antônio Fernandes de Oliveira (DEM), o Antônio José, ilustrou o esforço do Tenente-Coronel Edeílson Carvalho que no começo desta semana, mesmo estando de folga, evitou um tragédia envolvendo dois agentes de limpeza (garis) da empresa Brasmar. “Esses dois cidadãos estavam brigando, inclusive armados com falcão e foice quando o Tenente-Coronel interviu e evitou o pior”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário