Rádio MDB Brasil Nacionais

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

River vence o Boca, de virada, e conquista a Libertadores

Lucas Pratto fez o gol de empate do River Plate.
(Foto: Divulgação)
Espanha - O gol de Quintero, aos 3 minutos do 2º tempo da prorrogação, praticamente selou a vitória do River Plate sobre o Boca Juniors, e a conquista do título, na segunda partida da final da Libertadores, com o estádio Santiago Bernabéu, na Espanha, lotado.

Com o empate em 2 x 2, na primeira partida da decisão, e após a confusão que provocou o adiamento da segunda partida, River e Boca entraram no estádio do Real Madrid, na tarde deste domingo, sabendo que só a vitória daria o título. O Boca Juniors se deu melhor no início e abriu o placar, ainda, na primeira etapa, quando Benedetto fez 1 x 0, aos 43 minutos. O River só empatou aos 24 minutos do 2º tempo, com Lucas Pratto.

Prorrogação
Com o empate, em 1 x 1, no tempo normal, a decisão foi para a prorrogação. O jogo tinha tendência de ser decidido nas penalidades máximas, mas, ainda, no 1º tempo da prorrogação, o volante Barrios, do Boca, foi expulso, deixando sua equipe com 10 jogadores. Mesmo assim, o Boca segurou o empate na primeira etapa. 

Logo no início do 2º tempo, Quintero recebeu passe na entrada da área, e soltou uma bomba de canhota, fazendo 2 x 1 para o River. O gol, praticamente, definiu o jogo, já que o Boca foi com tudo para o ataque, em busca do empate e se abriu atrás. Chegou a perder mais o jogador Fernando Gago, por contusão. Já nos acréscimos, escanteio para o Boca e todo mundo foi para a área do River, inclusive o goleiro. Na cobrança, o goleiro do River tira a bola e sai o contra ataque, com Pity Martinez, sem goleiro, aproveitou para fazer 3 x 1, aos 17 minutos, carimbando o titulo do River Plate.

Assista os melhores momentos de River Plate 3 x 1 Boca Juniors no vídeo abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário