Rádio MDB Brasil Nacionais

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

River Plate é eliminado no Mundial de Clubes pelo Ai Ain

Brasileiro Caio (cabelo moicano) marcou o gol de empate com o River Plate.
(Foto: Globo.com)
Emirados - Acredite se quiser: um clube dos Emirados Árabes está na decisão do Mundial de Clubes. O feito pertence ao Al Ain, representante do país-sede do torneio, que derrubou o gigante River Plate, campeão da Libertadores, nos pênaltis, por 5 a 4, após empate por 2 a 2 no tempo normal e prorrogação, nesta terça-feira, no Hazza Bin Zayed. Berg e o brasileiro Caio marcaram para o estreante, enquanto o colombiano Borré, duas vezes, anotou para os argentinos. Na disputa de penalidades, Enzo Pérez perdeu a última cobrança, defendida pelo goleiro Khalid.

Jogo igual
Esteve longe de ser uma partida ataque x defesa. O Al Ain mostrou que iria para cima desde o início – não à toa abriu o placar aos dois minutos, com Berg após escanteio. O River virou rápido, com Borré, duas vezes, aos 10 e 16, mas os donos da casa acumularam chances (em finalizações, 21 a 20 para os argentinos) e chegaram até a reclamar de pênalti de Palacios e de um gol anulado de forma polêmica. Caio, que fez boa partida, empatou aos cinco da etapa final. E aí o jogo seguiu para prorrogação e pênaltis.

Façanha
Campeão dos Emirados, o Al Ain começou a sua campanha no dia 12, quando buscou o empate contra o Team Wellington, da Nova Zelândia, após estar perdendo por 3 a 0 - e venceu por 4 a 3 nos pênaltis. Nas quartas de final, no último sábado, fez 3 a 0 no Espérance, da Tunísia, e agora voltou a precisar de mais de 120 minutos para se tornar o quarto representante do país-sede a chegar a uma decisão - após Corinthians (2000), Raja Casablanca (2013) e Kashima Antlers (2016).

O anticlímax
Cobrar uma vitória sobre o Real Madrid talvez fosse demais, mas o River sabia que o título era possível diante da queda de rendimento do campeão europeu. Agora voltará à Argentina sem ter comemorado a conquista da Libertadores sobre o arquirrival Boca Juniors. Um gosto amargo para encerrar 2018.

Mais um para a lista
O River é o quarto sul-americano eliminado na semifinal desde 2010. Ele se junta a Internacional (2010, para Mazembe), Atlético-MG (2013, para o Raja) e Atlético Nacional (2016, para o Kashima Antlers). Nenhum europeu perdeu nesta fase.

Assista os melhores momentos de River Plate x Al Ain.

Nenhum comentário:

Postar um comentário