Rádio MDB Brasil Nacionais

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

MAC está a um empate do título da Copa FMF

Maranhão venceu o primeiro jogo por 1 x 0, n Castelão, em São Luís.
(Foto: Igor Leonardo) 
Pinheiro - Na noite desta quarta-feira, Pinheiro Atlético Cube (PAC) e Maranhão (MAC) se enfrentam no jogo de volta da final da Copa FMF 2018, que definirá o segundo representante do estado na Série D de 2019. O jogo será realizado às 19h30, no estádio Costa Rodrigues, em Pinheiro.

No jogo de ida, o MAC venceu o Pinheiro por 1 a 0 e agora depende de um empate para garantir o título da competição. Como o PAC conta com melhor campanha na classificação geral, precisa apenas de uma vitória simples para buscar o empate no agregado e levantar o título da competição.

As duas equipes contam com problemas por causa de suspensão no jogo de volta. O MAC não terá o volante João Victor e o Pinheiro perdeu o atacante Lentine, ambos expulsos no primeiro jogo da decisão.

A equipe atleticana contará com a volta do volante Ângelo, que cumpriu suspensão no último jogo. A tendência é que a equipe conte com Rodrigo Ramos, no gol; Matheus Rubens, Wanderson, Maycon e André Radija; Abu, Tibiri, Deylon e Leo Ares; Cleber Pereira e Maurício.

No Pinheiro, o técnico Luís Miguel perdeu a referência ofensiva para os jogos finais, com a ida do artilheiro Diego Vitor para o Moto. Na partida de ida, a aposta foi com Neto no ataque, o que poderá ser repetido no jogo de volta. O PAC deve jogar com Jailson, no gol; Vivico; Paulinho, Robert e Maycon; Heider, Taison, Junior e Trinca; Neto e Elisson.

Arbitragem
A Federação Maranhense de Futebol (FMF), por meio da Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (CEAF), sorteou Mayron Frederico dos Reis Novaes para ser o árbitro principal. Ele será assistido por Élson Araújo da Silva e Raphael Max Borges Pereira. Jorge Luis Viana da Silva será o 4º árbitro. A decisão terá a presença dos árbitros adicionais. José dos Reis Santos Aguiar,de São Luís é o adicional 1, enquanto Ronald Silva Pereira, de São Bento, é o adicional 2.

Fonte: GE Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário