Rádio MDB Brasil Nacionais

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Coluna Na Marca do Pênalti desta segunda...

Imperatriz - Confira os tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", desta segunda-feira, 10 de dezembro de 2018, do "Jornal Correio", escrita pelo radialista Carloto Júnior.
Radialista Carloto Júnior.

Coluna na Marca do Pênalti
10 de dezembro de 2018

É campeão!
Assim gritaram os torcedores do River Plate, da Argentina, após o apito final do segundo jogo da Libertadores, onde o River venceu o Boca Juniors, por 3 x 1, no estádio do Real Madrid, Santiago Bernabéu, no início da noite de domingo, na Espanha. Foi um jogo digno de uma final e Libertadores. Como batizaram a final: a decisão do século, o “maior clássico da América do Sul”. Os argentinos invadiram Madrid e fizeram uma grande festa antes, durante e após a final, jamais vista na Espanha e até na Europa. O Santiago Bernabéu ficou colorido e pulsou do início ao fim do jogo. O River Plate mostrou toda sua força, conseguindo reagir e virar o placar, já que o Boca Juniors saiu na frente, novamente, como Benedetto. Lucas Pratto, aquele do Atlético-MG e São Paulo, fez o gol de empate, no 2º tempo. Com o empate em 1 x 1, no tempo normal, teve a prorrogação, quando o River, que se aproveitou da expulsão do volante Barrios, do Boca, virou o jogo e, ainda, teve tempo de fazer 3 x 1, placar final. Se não fosse a besteira que fez o volante do Boca Juniors, certamente a decisão iria para as penalidades máximas. Mesmo com a patolada da Conmebol, levando a decisão da Libertadores para a Europa, o jogo foi digno de uma grande final, como tem que ser, sempre. Torcer para que no próximo ano, um brasileiro esteja na final.

A um empate...
...para  conquistar o título. Assim está o Maranhão Atlético Clube (MAC), em relação à final da Copa FMF 2018. Com a vitória pelo placar mínimo (1 x 0), o MAC joga pelo empate no jogo da volta, na quarta-feira, em Pinheiro, para conquistar o título. Por outro lado, o Pinheiro precisa de uma vitória simples para conquistar seu segundo título neste segundo semestre do ano (foi campeão da Série B do estadual). Sinceramente, o resultado pode até ser comemorado pelo MAC, já que qualquer vantagem, é vantagem. Mas o Pinheiro, mesmo perdendo, conseguiu um grande resultado, já que depende apenas de si, jogando dentro de caso, ao lado da torcida, precisando de uma vitória simples. Vai ser uma pedreira e, se tivesse que apostar em alguém, arriscaria no time da casa. Sei que defender é bem mais fácil do que criar. O Maranhão deve jogar da maneira como gosta: no erro do adversário e aproveitando os contra-ataques. Mas se oferecer campo ao Pinheiro, com certeza vai ser pressionado e se apostar suas fichas em uma bola, pode não ter sucesso. Precisa jogar para não ser pressionado do início ao fim. Outro detalhe, não pode errar na defesa e, muito menos, sofrer logo um gol. Caso isso aconteça, toda estratégia inicial vai por água abaixo. 

A Pipes...
...é a primeira equipe a garantir vaga na final do Campeonato Amador de Imperatriz da Primeira Divisão. Com a vitória, por 3 x 0, sobre o Ferrari, a Pipes eliminou o jogo da volta. Como o Regulamento do campeonato prevê que em caso de vitória por 3 gols ou mais de diferença, o jogo da volta é eliminado, a Pipes se deu bem e, agora, espera de camarote o seu adversário na final, entre Imperatriz x Servilha, que começam a decidir a vaga nesta terça-feira. A situação é a mesma, ou seja, quem vencer por 3 gols de diferença, elimina o jogo da volta. O Imperatriz conseguiu esse feito nas oitavas de final, quando eliminou o Cruz Azul. Mas, agora, a história é diferente. Na Segunda Divisão, já estão definidos os finalistas. Salão Fama e Asken, que eliminaram Bacuri e Alvorada, respectivamente, fazem a final, em um jogo, apenas. As duas equipes já estão garantidas na Primeira Divisão do próximo ano.

Grande ícone...
...do futebol feminino no Brasil, Marta fez história mais uma vez. A atacante se tornou nesta segunda-feira a primeira mulher a deixar a marca dos pés na Calçada da Fama do Maracanã, depois de ter sido eleita pela FIFA a melhor jogadora do mundo pela sexta vez na carreira. Marta espera que a homenagem em um dos estádios mais emblemáticos do mundo seja uma forma de incentivar não só o futebol feminino, mas também as mulheres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário