Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Bastidores da política desta quarta....

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta quarta-feira, 06 de janeiro de 2016.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
06 de janeiro de 2016

No centro do poder
A revista Época destacou a nomeação do ex-deputado federal maranhense Francisco Escórcio (PMDB) para o cargo de assessor especial da Secretaria de Governo, chefiada pelo ministro Ricardo Berzoini (PT). Escórcio estava na assessoria do vice-presidente Michel Temer (PMDB), que saiu da Secretaria de Relações Institucionais. Com isso, Escórcio foi para a Secretaria de Governo, ficando mais próximo de Dilma Rousseff. A nomeação saiu na segunda-feira e a residência do maranhense se tornou o QG de ministros para reuniões. Francisco Escórcio tem trânsito junto às autoridades políticas de Brasília, sendo conhecido como o “fuçador”, e o Maranhão, especialmente Imperatriz, perdeu muito com a não eleição dele, que no pouco tempo em que passou na Câmara dos Deputados conseguiu vários benefícios para o município.

Será?
Ontem, a coluna ouviu de uma fonte que uma determinada liderança política estadual estaria estreitando seu caminho no Governo Flávio Dino por conta da “sede” de cargos. Isso pode provocar um esfriamento no relacionamento com o governo e até um possível rompimento. A liderança teria consultado deputados aliados para um afastamento da base de apoio na AL, mas nenhum teria concordado. A situação pode se refletir nas eleições municipais, havendo um confronto entre dois grupos que fazem parte do arco de aliança do governo.

Vazar
O ex-ministro da Educação, Cid Gomes (PDT), sugeriu que a presidente Dilma Rousseff deixe o PT e não participe do processo eleitoral de sua sucessão. Com isso, acredita que ela melhoraria os índices de popularidade. Pode ser uma das saídas, porque o PT conseguiu levar o governo para o fundo do poço. Não há acusações formais contra Dilma, mas ela vem pagando caro pelos atos de corrupção de seus companheiros, alguns presos pela operação Lava Jato.

Condenados
Há vários ex-prefeitos de cidades da região na lista dos que foram condenados pelo Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, no período de 2012 a 2015. São Jomar Fernandes (Imperatriz), Raimundo Galdino (já falecido - São João do Paraíso), Mercial Arruda (Grajaú), Antonio Marcos de Oliveira - “Primo” (Buriticupu), Lourêncio de Moraes (Governador Edison Lobão), João Alberto (Carolina), Deusdedith Sampaio (Açailândia), Nerias Teixeira (São Pedro d’Água Branca), Adail Albuquerque (Montes Altos), Francisco Holanda (João Lisboa), Gleide Santos (Açailândia) e Ildézio Gonçalves Oliveira (São Pedro d’Água Branca).

Obras
No próximo sábado, o governador em exercício Carlos Brandão (PSDB) deverá ir à sua cidade natal, Colinas, para autorizar obras que o governador licenciado Flávio Dino deixou para que ele fizesse o anúncio. Sem dúvida, os moradores farão uma grande recepção para o conterrâneo governador. Brandão assumiu o comando do governo na manhã de segunda-feira. Flávio Dino passará uma semana fora do Maranhão.

Regra
Os políticos poderão se apresentar como pré-candidatos sem que isso configure propaganda eleitoral antecipada, mas desde que não haja pedido explícito de voto. A nova regra está prevista na Reforma Eleitoral 2015, que também permite que os pré-candidatos divulguem posições pessoais sobre questões políticas e possam ter suas qualidades exaltadas, inclusive em redes sociais ou em eventos com cobertura da imprensa.

Prazo
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), tem 10 dias, que deverão começar a ser contados em fevereiro, para que  se manifeste sobre o pedido de afastamento do cargo feito pela Procuradoria Geral da República (PGR). O prazo foi dado pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF). A notificação deverá ocorrer a partir desta quinta-feira, quando oficiais de Justiça retornam ao plantão do STF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário