Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Encerrados os Jogos Escolares Maranhenses..

JEMs proporcionou atendimento médico durante os jogos.
São Luís - O Governo do Estado encerrou, na quarta-feira , dia 30, a maior edição da história dos Jogos Escolares Maranhenses, os JEMs 2015. De março a setembro, cerca de 65 mil estudantes de 1.600 escolas de todo o Maranhão disputaram os Jogos Escolares nas etapas municipal/metropolitana, regional e estadual, além dos Jogos Paralímpicos Escolares Maranhenses (ParaJEMs). Os JEMs 2015 alcançaram adesão recorde de 96 municípios e avanços nas áreas de alimentação, alojamento, saúde e lazer dos estudantes.

Ao iniciar a organização dos JEMs 2015 o governo Flávio Dino assumiu o compromisso de melhorar os jogos em quantidade e qualidade. Aumentar a participação dos municípios em 50% foi o primeiro passo. Durante os JEMs, acompanhamos depoimentos dos atletas e da torcida e percebemos que os jogos de fato alcançaram seu objetivo, de trazer mais esporte, lazer, alimentação, saúde e segurança para nossos atletas”, avaliou o secretário de Esporte e Lazer, Márcio Jardim.


ParaJEMs
No mês de agosto foram realizados, também, os Jogos Paralímpicos Escolares Maranhenses (ParaJEMs), que têm o objetivo de estimular a participação de estudantes com deficiência física, visual e intelectual na prática de atividades esportivas, promovendo ampla mobilização em torno do esporte. “Os ParaJEMs trazem integração intelectual e física para os atletas. Ao competir, eles estão também se socializando e se preparando para representar o Maranhão na etapa nacional,” explicou o coordenador dos ParaJEMs, José Henrique de Azevedo.

Os ParaJEMs foram disputados em nove modalidades: Atletismo, Natação, Futebol de Cinco (cegos), Futsal (deficientes intelectuais), Handebol (deficientes intelectuais),Tênis de Mesa, Goalball, Futebol de Sete e Badminton.

Novidades
Os JEMs 2015 também trouxeram novidades como a melhoria nos alojamentos, transporte e segurança dos atletas. E para a edição deste ano, houve a reativação da arena de beach soccer (Arena Domingos Leal), que não estava sendo utilizado para atividades esportivas. Além disso, pela primeira vez na história dos JEMs foi montada estrutura completa de alimentação e refeitório organizadas no centro de convivência dos atletas, no Parque Folclórico da Vila Palmeira.

Na área da saúde, foi organizada uma clínica de fisioterapia para atendimento e preparação dos atletas que participam da etapa nacional dos jogos escolares. “O atendimento do centro de fisioterapia foi muito legal. Eu não imaginava que pudesse chegar em São Luís e ser tão bem atendido. Só tenho a agradecer ao trabalho dos fisioterapeutas”, afirmou Yan, atleta de Imperatriz.

Já no lazer, a equipe de coordenação pedagógica encabeçou Projeto “Agita JEMs”, com programação de passeios, apresentações culturais e atividades educacionais que envolveram cerca de três mil atletas que vieram a São Luís para a etapa estadual (infantil e infanto). 

Etapa nacional
Em setembro foi realizada, em Fortaleza, a etapa infantil dos Jogos Escolares da Juventude 2015, competição na qual o Maranhão conquistou sete medalhas: duas de ouro, uma de prata e quatro de bronze. “Esse resultado é muito expressivo para o nosso estado, porque há anos não alcançávamos um bom rendimento como esse”, afirmou o chefe da delegação maranhense, Sandow Feques. 

Em novembro, haverá ainda a etapa infanto (15 a 17 anos) dos Jogos Escolares da Juventude, em Londrina, e também os Jogos Paralímpicos Escolares, em Natal (RN).

Nenhum comentário:

Postar um comentário