Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Bastidores da política desta sexta...

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta sexta-feira, 17 de outubro.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
17 de Outubro de 2014 

Surpreendeu
O governador eleito Flávio Dino (PCdoB) surpreendeu ao anunciar o nome do administrador e professor Clayton Noleto, de Imperatriz, para a Secretaria de Estado da Infraestrutura. Não pela indicação, porque Noleto merece e tem competência, mas pela pasta. É uma das quatro mais importantes, que sempre são destinadas a nomes de maior força política. Esperava-se a sua indicação, mas para outra secretaria. Imperatriz, mesmo quando teve Fiquene no comando do Palácio dos Leões, não foi agraciada  com cargo tão importante. Nem na época de Jackson Lago, votado maciçamente na cidade. A atitude de Flávio Dino é um indicativo de que o governo do estado vai priorizar Imperatriz e região. Outros nomes locais também possivelmente serão anunciados para o secretariado. Que assim seja. Imperatriz agradece.

Devagar
A militância do PT já não é mais como antigamente. Uma briga de foice sendo travada por Dilma Rousseff contra Aécio e os petistas no Maranhão praticamente de braços cruzados, enquanto que os tucanos estão nas ruas buscando votos, como está acontecendo em Imperatriz. Será se os cargos (ou a desilusão) acomodaram os petistas?

E...
A ex-candidata a deputada Rosângela Curado (PDT) vestiu a camisa de Dilma Rousseff. Não há surpresa nisso. O seu partido é do arco de aliança do PT, e como Curado está focada nas eleições municipais de 2016, o caminho natural seria ficar em palanque adversário do PSDB, que deverá ser o seu maior adversário na disputa pela prefeitura. Portanto, demarcou terreno ao se juntar aos petistas neste segundo turno.

Olha aí!
A Câmara Municipal aprovou o título de cidadania imperatrizense para Damião Benício dos Santos. A Indicação foi do vereador João Silva e recebeu oito votos a favor e seis contra. Sete vereadores não votaram. A concessão do título está causando grande repercussão, já que Damião Benício aparece como um dos acusados no processo da morte do prefeito Renato Cortez Moreira, assassinado a tiros no Mercadinho Bom Jesus no dia 6 de outubro de 1993. A família Cortez Moreira divulgará uma nota de repúdio.

Nome
Um nome começa a despontar para a prefeitura de Ribamar Fiquene (Sumaúma). Um grupo de amigos do pecuarista Célio Costa, de 38 anos, se reuniu e o convidou para ser candidato em 2016. Ele pediu um tempo para dar a resposta, já que precisa primeiro consultar a família. Célio é sobrinho do ex-prefeito Ita Alves Costa, assassinado a tiros no dia 16 de julho de 2007. Pode estar surgindo aí um nome de peso para concorrer à prefeitura.

Contas
Em sessão plenária realizada nessa quarta-feira (15), o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA) julgou irregulares as prestações de contas de vários vereadores que ocuparam, ou ainda estão ocupando, a presidência de Câmaras. As condenações, sobre as quais cabem recursos, tiveram parecer favorável do Ministério Público de Contas. São eles: Antônio Marcos Cunha de Almeida (Barra do Corda), Raimundo Veras Pereira (Peritoró), Jair Costa Peixoto (Gonçalves Dias), Genilvaldo Fonseca Pinheiro (Ribamar Fiquene), Francisco Lima dos Santos (Afonso Cunha), Aurélio Rodrigues Matos Filho (Cachoeira Grande), Benedito Barbosa (Alcântara), Delson Lopes da Silva (Altamira do Maranhão), Maria José Ferreira de Sousa (Vila Nova dos Martírios) e José Wilson de Oliveira (Conceição do Lago Açu).

Nenhum comentário:

Postar um comentário