Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

domingo, 30 de abril de 2017

Enfim, Fla-Flu: 22 anos depois, clássico decide o Carioca com duelo de gerações

Abel Braga, do Flu e Zé Ricardo, do Fla. (Divulgação)
Rio - Do lado rubro-negro, um representante da nova geração de técnicos em destaque. Do tricolor, um remanescente das antigas que soube se reinventar como poucos. Donos das duas melhores campanhas, Zé Ricardo e Abel Braga chegam à final carregando bagagens opostas, mas prontos para reescrever um capítulo decisivo do Fla-Flu no Campeonato Carioca após 22 anos. Desde o famoso gol de barriga em 1995 que os rivais não disputam a taça entre si. 

Dá quase o mesmo tempo de diferença de idade entre os treinadores. Abelão chega à quarta final de Carioca como treinador. Jamais perdeu. Zé disputa sua primeira decisão. A bola rola às 16h (de Brasília), no Maracanã. Mais de 25 mil ingressos já foram vendidos. O segundo jogo será no dia 7 de maio. 

O respeito entre ambos vai além do discurso. Uma cena marcante ocorreu no clássico da Taça Rio, disputado em Cariacica. Antes do empate em 1 a 1, Abel fez questão de esperar Zé Ricardo na entrada do gramado para pedir desculpas pessoalmente ao técnico rubro-negro por escalar um time alternativo no confronto. 

O último título estadual de Abelão foi em 2012, como treinador do Fluminense. Há cinco anos, Zé Ricardo ainda estava distante da responsabilidade de comandar o time principal rubro-negro. Iniciava a trajetória como técnico das divisões de base sub-15 do clube. Dois anos depois, assumiria o sub-20. Quando Abel foi campeão mundial com o Internacional em 2006, Zé ainda era técnico de futsal. 

Apesar dos elogios, os dois técnicos se conheceram há pouco mais de dois meses, na final da Taça Guanabara. Aquele primeiro embate entre Zé Ricardo e Abel foi marcado por um jogo emocionante de seis gols. Após o empate em 3 a 3 , o Tricolor levou a melhor nos pênaltis 

Como chegam os dois times? 
Zé Ricardo chega com seu time invicto no estadual. Mesmo sem ter ganho os títulos de turno, a equipe não foi derrotada no Carioca e chega com o melhor ataque, com 36 gols marcados até aqui. Agora, o Flamengo vive a semana que pode decidir o primeiro semestre.  Na quarta-feira, o time perdeu por 2 a 1 para o Atlético-PR pela Libertadores. No meio da próxima semana, receberá o Universidad Católica em outro jogo decisivo. Ainda sem Diego, Zé Ricardo pode ter a volta de Everton, que está à disposição. O técnico não descartou poupar peças de olho no torneio continental. Na zaga, Donatti deve seguir fora, e Rafael Vaz atuando como titular. Suspenso na Libertadores, o colombiano Berrío também é outra opção para o Rubro-Negro tentar surpreender o Flu. 

Já o Flu de Abel vive uma lua de mel particular com a torcida. Depois de um fim de temporada melancólico em 2016, com direito a sequência de dez jogos sem vencer no Brasileirão, o Tricolor recuperou o que o técnico prometeu em sua apresentação: alma. Disputando atualmente quarto torneios, o Flu está vivo em todos. É finalista do Carioca, está nas oitavas de final da Copa do Brasil, nas quartas da Primeira Liga e tem classificação bem encaminhada na primeira fase da Sul-Americana. Sem falar no segundo melhor ataque entre os clubes da Série A com 55 gols em 25 jogos, média de 2,2 por partida. A equipe já está confirmada sem surpresas. Henrique Dourado volta ao time titular. 

Ficha Técnica
Jogo - Fluminense x Flamengo
Local - Estádio Maracanã - Rio de Janeiro
Horário - 16h
ÁrbitroJoão Batista de Arruda
Ass. 1.Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa
Ass. 2.Wagner de Almeida Santos

Fluminense
Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela, Wendel e Sornoza; Wellington Silva, Richarlison e Henrique Dourado.
Técnico - Abel Braga

Flamengo
Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Rômulo e Willian Arão; Everton, Gabriel e Guerrero.
Técnico - Zé Ricardo

Transmissão
A Rádio MDB transmite o clássico Fla-Flu a partir das 4 da tarde. Para ouvir o jogo na íntegra, acesse o site www.radiomelhordobrasil.com

Fonte: GloboEsporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário