Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Clube deve ter novas eleições...

Antonio Torres, Presidente do Conselho Deliberativo.
Imperatriz - Após um ano para esquecer, o Imperatriz se prepara para passar a régua e traçar o seu futuro para o ano de 2017, no que se refere ao futebol profissional.

Com a renúncia de dois presidentes (Alex Santos e Gregório Neto) esse último presidente da Junta Governativa, cabe agora, ao Conselho Deliberativo, convocar novas eleições para presidência da Sociedade Imperatriz de Desportos.

De acordo com informações, o presidente do Conselho, Dr. Antonio Torres, quer reunir os conselheiros para tratar sobre o assunto. Em seguida deverá publicar edital convocando as eleições. 

O problema é saber quem quer e pode assumir as rédeas do Cavalo de Aço. Isso porque, a situação financeira do clube não é nada animadora. O time deve, por baixo, dois técnicos (Marcelo Salles e Pedrinho Rocha); os jogadores considerados prata de casa; integrantes da comissão técnica, como seu Júlio e William Zaparolli, além de fornecedores (Expresso Açailândia, hotel, alimentação e etc..)

Outra situação que precisa ser esclarecida é como foram os acertos com os jogadores que deixaram a cidade. Se o Imperatriz parcelou a dívida, em quantas parcelas e o valor. Se já pagou, pegou documentos para evitar futuros processos trabalhistas? Outra preocupação é com relação os possíveis processos trabalhistas que poderão aparecer daqui para frente.

Sinceramente, a situação não é nada fácil. Mesmo assim, deve aparecer algum pretendente ao cargo de presidente. Uma coisa não se pode deixar de enaltecer: o Conselho Deliberativo, nas pessoas do seu presidente, Antonio Torres, Chico Brasil, Takashi, Regivaldo Pachêco, Veronildo Ferreira, Deputado Léo Cunha, Ribinha Cunha, entre outros, contribuíram financeiramente para resolver os problemas dos jogadores de fora. Agora chegou a hora de olhar para os jogadores da casa. Eles, também, esperam uma definição do pagamento dos seus salários atrasados.

O Imperatriz não tem mais nenhuma competição profissional para disputar neste ano de 2016. Quem for eleito presidente vai ter muito tempo para colocar a casa em ordem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário