Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Organização do Salimp avalia como positivo

Imperatriz - O 12º Salão do Livro de Imperatriz encerrou mais uma edição com recorde de público e vendas. De acordo com a assessoria técnica, RPS Eventos, um pouco mais de 112 mil pessoas passaram pelo Centro de Convenções nos dez dias de feira. Ainda de acordo com a assessoria, foram comercializados cerca de 95 mil títulos dos gêneros de ficção, romance, literatura juvenil, clássicos da literatura brasileira e universitários.

Os resultados do Salão do Livro foram considerados positivos pela organização. “Estamos muito satisfeitos com número de visitantes e vendas. Ficamos satisfeitos, também, com os títulos que foram tragos pelas editoras, em um preço razoável. E estamos muito felizes com o resultado de mais uma edição do evento”, avalia Edna Ventura, organizadora geral do evento e presidente da Academia Imperatrizense de Letras.

Avaliação dos Expositores
A freira e responsável pelo estande das “Paulinas”, Ciça Silva, assegurou que a feira de Imperatriz tem muito a ensinar no quesito organização e comunicação, elas que trouxeram este ano a escritora de livros infantis em braile, Elizete Lisboa. 

O técnico legislativo do Senado Federal e também expositor da feira, José Ferreira, avaliou o evento como positivo. O estande do Senado participou da programação oficial este ano doando livros para a Associação de Cegos de Imperatriz.

Mais vendidos
Entre os livros mais procurados à venda estão todos os clássicos do escritor Nicholas Sparks e Gabriel García Márquez. O autor Augusto Cury foi representado entre os mais vendidos pelas obras “Como enfrentar o mal do século” e “As regras de ouro dos casais saudáveis”. “Não se apega não”, “Se eu ficar”, “Princesa adormecida”, “Getúlio”, “Guiness Book 2015” e “Casa grande senzala” foram os outros títulos mais procurados pelos visitantes do Salimp.

Próxima edição
A organização do Salimp já planeja a próxima edição do evento, que deve acontecer na primeira semana de outubro de 2015, informou a presidente Edna Ventura. Para o próximo ano, a organização também espera aprovar projeto de créditos para compra de livros. 

Texto e foto - ASSESSORIA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário