Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Bastidores da política desta segunda...

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta segunda-feira, 6 de outubro.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
6 de Outubro de 2014
   
Sem surpresa
Deu o que era esperado desde a metade da campanha. No início havia a expectativa de que iria ser um jogo apertado. Mas não foi. Flávio Dino (PCdoB) venceu com folga a eleição de governador do Maranhão, com a larga diferença de mais de 881 mil votos sobre o candidato Lobão Filho (PMDB). Em Imperatriz, Lobão Filho obteve uma votação menor do que a conquistada por Roseana Sarney em 2010. Ela teve 14,45%. Lobão Filho apenas 13,22%. É a terceira eleição consecutiva que o Grupo Sarney leva uma goleada em Imperatriz. Há quem acredite que se o candidato fosse Luís Fernando, com apoio do prefeito Madeira, teria conquistado uma expressiva votação.

Terceiro
O candidato a presidente da República do prefeito Sebastião Madeira ficou em terceiro em Imperatriz. Aécio Neves (PSDB) obteve 31.483 votos (25,46%). Dilma Rousseff (PT) ficou com 53.457 votos (43,24%) e Marina Silva (PSB), em segundo lugar, com 36.075 votos (29,18%).

Quem fica
De Imperatriz, nas eleições de 2010, foram eleitos quatro candidatos – Antonio Pereira, Léo Cunha, Dr. Pádua e Carlinhos Amorim. Ontem, foram reeleitos somente os dois primeiros. Portanto, estão fora Pádua e Carlinhos.

Quem entra
Imperatriz perdeu dois deputados, mas a bancada ficará com três, devido à eleição de Marco Aurélio. Com a sua eleição, em janeiro haverá mudança na Câmara Municipal. A cadeira de Aurélio será ocupada pelo primeiro suplente Adonilson Lima, do PCdoB.

Continua
Ao votar na tarde de ontem, a governadora Roseana Sarney observou que, apesar de ter decidido não mais disputar nenhum cargo, continuará participando da política. Ela, que deixa o cargo no dia 1º de janeiro, revelou que sairá “com a sensação de dever cumprido”.

Tabu
A eleição de Flávio Dino (PCdoB) quebra um tabu: desta vez o candidato apoiado pelo Palácio dos Leões não venceu a eleição.  “Agora parece que os Leões estão mais mansos”, brincou o ex-governador Zé Reinaldo Tavares, que nas eleições de 2006 ocupava a cadeira do Palácio dos Leões e ajudou a eleger Jackson Lago.

Adverso
“Não foi fácil a decisão de sair candidato nestas eleições. Muita coisa pesou. A família, as circunstâncias profissionais, as limitações de estrutura logística partidária e de recursos, o cenário político muito adverso para quem tem as posições políticas que assumi. Eu e todos os que se engajaram na campanha demos o máximo, cada um na sua forma, em quantidade e qualidade”. A afirmação foi feita pelo candidato a deputado Igor Lago, antes da votação. Filho do ex-governador Jackson, Igor não conseguiu se eleger. Com 99,36% das urnas apuradas, Igor Lago tinha 9.412 votos.

Ildon x Rosângela
Para quem apostou, está aí o placar em Imperatriz: Ildon Marques 24.076 votos (20,37%) e Rosângela Curado 23.112 votos (19,55%).

Nenhum comentário:

Postar um comentário