Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Bastidores da política desta quinta...

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta quinta-feira, 9 de outubro.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
9 de Outubro de 2014    

Lideranças
O prefeito Sebastião Madeira (PSDB) e o deputado estadual Antonio Pereira (DEM) no momento são, sem dúvida, as maiores lideranças políticas da região. Os dois passam dos limites de Imperatriz com desenvoltura, enquanto os outros só chegam à ponte do Cacau. Dali pra frente diminuem a importância eleitoral. A prova é tanta que não tivemos nenhum candidato a deputado federal eleito. Foram bem votados em Imperatriz, mas não conseguiram deslanchar fora. Madeira já provou sua liderança como deputado federal e Antonio Pereira está provando como deputado estadual. Nestas eleições, ele obteve mais de 70 mil votos.

Dilmou?
Há pouco mais de um mês o governador eleito Flávio Dino (PCdoB) subiu no palanque em Imperatriz com o candidato a presidente da República Aécio Neves (PSDB). O seu vice, Carlos Brandão, é tucano, mas Flávio também tinha uma caidinha para o lado de Dilma Rousseff. Porém os compromissos com o PSDB o impediam de oficializar apoio a Dilma. Agora eleito, Flávio Dino estaria revelando a sua preferência: Dilma Rousseff. Mas não é surpresa. O PCdoB é aliado do PT e Dino foi presidente da Embratur.

Separados
No mesmo palanque durante o primeiro turno, agora Sebastião Madeira e Flávio Dino poderão estar separados na campanha presidencial. Madeira está entrando de corpo e alma na campanha do seu correligionário Aécio Neves e Flávio Dino estaria vestindo a camisa vermelha do PT.

Agora vem
A presidenta Dilma Rousseff não veio a Imperatriz no primeiro turno. Aliás, dos presidenciáveis só Aécio Neves. Dilma ficou “impedida” de vir devido à disputa entre Flávio Dino e Lobão Filho. Não podia desgostar nenhum. Agora sem Lobão no páreo, Dilma deverá vir ao estado. Mas deve visitar apenas Timon, aproveitando a sua ida a Teresina.

2016
Flávio Dino tem dois – ou três mesmo – grupos em Imperatriz. De um lado está o comandado pelo prefeito Sebastião Madeira. De outro, o liderado por Rosângela Curado. E ainda há o grupo do PCdoB, partido do governador eleito. Será se ele vai conseguir unir estes grupos nas eleições municipais? Madeira não abre mão de lançar um candidato à sua sucessão. E Rosângela Curado, derrotada na disputa por uma vaga à Câmara Federal, tem a Prefeitura como alvo. Será que ela desistiria da candidatura atendendo pedido de Flávio Dino para apoiar um tucano? Quanto ao PCdoB, seria mais fácil tirá-lo da parada, porque Flávio é o líder maior do partido e o seu principal nome na cidade, Marco Aurélio, já avisou que não disputará. Vai se dedicar ao mandato de deputado estadual. O problema mesmo ficaria na difícil composição entre os grupos de Madeira e Rosângela.

Pendências
Foi a última campanha de Lobão Filho? Pelo que se sabe não, portanto é preciso que ele procure resolver as pendências que ficaram, porque os outros parecem não muito preocupados com isso, afinal o desgaste maior é sobre ele, que era o candidato e continuará na vida pública. Em Imperatriz, donos de carros que foram alugados já cogitam inclusive fazer carreata em protesto. Que tomem providências, para não piorar.

Reflexo
A administração do prefeito Ribamar Alves, de Santa Inês, está em baixa junto à população. A prova foram os resultados das urnas. Ele não conseguiu eleger a esposa deputada estadual nem deu maioria dos votos para os seus candidatos a governador e senador. Lobão Filho ganhou de Flávio Dino e Gastão Vieira ficou na frente de Roberto Rocha. Nas eleições de 2010, Flávio Dino venceu Roseana Sarney em Santa Inês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário