Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Coluna Na Marca do Pênalti desta terça...

Imperatriz - Confira alguns tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", edição desta terça-feira, 09 de agosto de 2016, do jornal "Correio Popular".
Radialista Carloto Júnior.

Na Marca do Pênalti
09 de agosto de 2016

Seleção Olímpica...
...ao meu ver, tem erros na escalação do time. Se não, vejamos: nosso lateral direito (Zeca) joga de lateral esquerdo no seu time (Santos); nosso primeiro volante (Thiago Maia) joga como segundo volante no seu time (Santos); nosso segundo volante (Renato Augusto) sempre jogou e joga na China como meia. E nosso time não tem um 9, um atacante de área, especialista. Com esses dados me parece que a seleção nasceu errada, desde a sua convocação até a montagem dos onze. Além disso, o nosso melhor jogador (Neymar) joga em uma faixa morta do campo (do lado esquerdo e não sai de lá). Lembra-me, e muito, Ronaldinho Gaúcho em fim de carreira. Será se o Neymar não renderia mais se jogasse solto, liberado, para atuar do meio para frente? 

Outro erro...
...de direcionamento é quanto a escolha do capitão da nossa seleção. (seja na olímpica, seja na principal). Neymar, nosso melhor jogador, demonstra não ter perfil de líder (pode até se tornar um dia). O fato de ser o nosso melhor jogador não o gabarita para usar a braçadeira de capitão. Capitão não precisa ser, necessariamente, o melhor jogador do time. Basta ver os exemplos na própria seleção. Copa de 58 foi o zagueiro Bellini em um time que tinha Didi e Pelé. Em 62, tínhamos Pelé e Garrincha e nenhum usou a braçadeira. O capitão foi o zagueiro, Mauro. Em 70, além de Pelé, tínhamos Rivelino, Gérson, Jairzinho, Tostão e a braçadeira foi do lateral, Carlos Alberto. Na Copa de 2004 o Brasil tinha Bebeto e Romário, o capitão foi Dunga. Pra finalizar, em 2002, a seleção tinha Ronaldo Fenômeno, Ronaldinho, Rivaldo, para não ir mais longe. O capitão foi o lateral Cafú. Com exceção de 2004, todos os nossos capitães que levantaram a taça, jogavam na zaga ou na lateral. Está na hora dos técnicos brasileiros (Micale e Tite) repensarem sobre o assunto. 

Enquanto isso...
...a seleção feminina de futebol está dando um show nas olimpíadas. O escrete canarinho comandado por Marta e Cristiane goleou a Suécia, por 5 x 1, e carimbou seu passaporte para a segunda fase com uma rodada de antecedência. As meninas brasileiras têm jogado tão bem que a torcida brasileira, insatisfeita e decepcionada com a masculina, tem pedido Marta no time masculino. No jogo de hoje, em Manaus, todos os ingressos (43 mil) foram vendidos. Lotação esgotada para o último jogo das meninas na fase de grupos. A preocupação na seleção feminina é com relação a Cristiane, atacante que mais fez gols em Olimpíadas (15). A brasileira deixou o jogo com a Suécia machucada e corre o risco de não jogar mais as Olimpíadas. Segundo o departamento médico do Brasil, o tempo de recuperação levaria de 6 a 12 dias. Cristiane só jogaria, caso o Brasil chegue a final. Vamos torcer para que o exame seja mais animador.

Classificação...
...no último minuto. Assim foi a classificação do Moto Club para as oitavas de finais do Campeonato Brasileiro da Série D. Repetindo o que fez na fase de grupos, o Moto venceu em casa e empatou fora com o Águia de Marabá. Na fase de grupo venceu por 2 x 0, em São Luís e empatou, em 1 x 1, no Pará. Agora, voltou a vencer em casa, só que por 1 x 0, e empatou em Marabá, também em 1 x 1. O gol da classificação foi do zagueiro, Wanderson, nos acréscimos, quando o jogo estava indo para os pênaltis. Nas oitavas de finais, o Moto vai enfrentar o Juazeirense, da Bahia. Adversário bem mais difícil. A CBF, ainda, não definiu as datas dos dois jogos. Certamente no próximo domingo as duas equipes já devem se enfrentar.

Brasileirão...
...tem novo líder. O Palmeiras, que após as derrotas para o Atlético-MG e Botafogo e empate com a Chapecoense, volta a liderar o Campeonato Brasileiro após vencer o Vitória da Bahia por 2 x 1. O time paulista foi beneficiado com a derrota do Santos para o América Mineiro e o empate de ontem do Corinthians contra 0 Cruzeiro. O Palmeiras lidera com 36 pontos, seguido do Atlético/MG com 35, Corinthians e Flamengo com 34. O Santos tem 33, Grêmio e Atlético-PR com 30 pontos. Ou seja, do 1ª ao 7ª são 6 pontos de diferença. Palmeiras termina como campeão do turno. Mas isso não quer dizer nada, já que o que vale mesmo para ser campeão é terminar em primeiro na 38ª rodada. Agora vai começar o returno, conhecida, também, como a fase de volta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário