Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Bolt, o mito!

Rio de Janeiro - Foram dois tiros em um intervalo de 1h20min. Quem foi ao Engenhão na noite de domingo (14) teve o privilégio de ver Usain Bolt em ação duas vezes. 

Sorte de tantos, um obstáculo a mais para o Raio. Mesmo com o tricampeonato olímpico histórico na prova dos 100m, o jamaicano lamentou o intervalo pequeno entre as disputas da semifinal e da final. Para ele, o pouco tempo de recuperação afetou o desempenho e impediu tempos menores. O ouro veio com 9s81. As baterias da semi começaram às 21 horas. A decisão pelo pódio, às 22h25min.

- "Me afetou um pouco, sim. Me senti com pés um pouco amortecidos. Sabia que depois de começar a correr estaria bem. Não fiquei muito feliz de terem mudado o programa. Não é bom. É pouco tempo para recuperar. É sempre três horas ou mais entre as finais e semifinais. Se tivesse mais tempo, seria mais veloz. É a primeira vez que tive que voltar correndo para me preparar para a final" - disse, logo após a conquista.

Usain Bolt levantou a torcida no Engenhão. Dando seu show particular antes, durante e depois da prova, fez do estádio carioca seu salão de festas. Comemorou muito. O apoio das arquibancadas foi maciço, a ponto de os brasileiros vaiarem Justin Gatlin por mais de uma vez. 

- "Sempre vou levar meu carisma para o esporte. A multidão adora a energia. A competição não é apenas para assistir, tento viver o momento. Os brasileiros têm sido excelentes. Não esperava essa atenção, é incrível. São incríveis" - disse Bolt.

Fonte: Globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário