Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Sedel confirma datas dos JEIs 2015....

Secretário de Esporte e Lazer, Saulo Dino.
Imperatriz - Os Jogos Escolares de Imperatriz (JEIs 2015) acontecerão de 12 a 28 de junho e terão uma novidade. Segundo a coordenadora, professora Dinalva Benigno, os JEIs 2015 serão disputados com 22 modalidades esportivas, uma a mais em relação ao ano passado.

A novidade é a modalidade peteca, que servirá apenas como apresentação e não contará pontos para os Jogos Escolares Maranhenses. Segundo Dinalva, dependendo do número de participantes inscritos para a disputa de peteca, no próximo ano a modalidade passará a contar pontos, que valerá para os JEMs.

As 22 modalidades esportivas que serão disputadas este ano nos JEIs são: atletismo, badminton, basquetebol, beach soccer, capoeira, ciclismo, damas, futebol de campo, futsal, handebol, jiu-jitsu, judô, karatê, natação, queimada, taekwondo, tênis de mesa, tênis, vôlei de areia, voleibol, xadrez e peteca.

Todas essas competições serão realizadas nas categorias pré-mirim (8 a 10 anos), mirim (10 a 12 anos), infantil (12 a 14 anos) e infanto (15 a 17 anos).

Etapa dos JEMs
Este ano, Imperatriz será sede de uma das etapas do seletivo para os Jogos Escolares Maranhenses. O acordo foi fechado na semana passada, com a reunião realizada entre o titular da Sedel-Imperatriz, Saulo Dino, e o coordenador geral dos Jogos Escolares Maranhenses, Sandow Feques. A etapa dos JEMs em Imperatriz será realizada de 4 a 11 de julho de 2015.

Participarão da etapa de Imperatriz dos Jogos Escolares Maranhenses os municípios de Imperatriz (escolas que ficaram em 3º e 4º lugares), Buriticupu, Açailândia, Governador Edison Lobão, Porto Franco, Estreito, João Lisboa, Campestre e Davinópolis. Esses municípios confirmaram participação através do termo de adesão, cuja data limite chegou ao fim no dia 13 de março de 2015. Este ano, 80 municípios aderiram aos Jogos Escolares Maranhenses, um novo recorde. A meta é chegar aos 217 municípios maranhenses.

Fonte: O Progresso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário