Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

sábado, 15 de novembro de 2014

PIB do Maranhão alcança R$ 58,8 bilhões, afirma IBGE

Governadora, Roseana Sarney.
São Luís - O Produto Interno Bruto (PIB) do Maranhão, que representa a soma de todas as riquezas produzidas no estado, saltou de 52,1 bilhões em 2011 para R$ 58,8 bilhões em 2012, a preço de mercado corrente. Os números foram divulgados, nesta sexta-feira (14), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pelos dados confirmados pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), o estado se consolidou como a 4a economia do Nordeste e a 16a do país, com uma participação de 1,3% no PIB nacional.

Entusiasmada com o resultado, a governadora Roseana Sarney lembrou que o PIB de R$ 58,8 bilhões, confirmado pelo IBGE, bate com as projeções feitas pelo Governo do Estado para o ano de 2012. “Recebemos com muito otimismo esse dados, que só reforçam o Maranhão como uma das mais importantes economias do país. Temos grandes empreendimentos que se instalaram, gerando novos negócios, emprego e renda, o que consequentemente impactou no crescimento do nosso PIB”, comemorou a governadora.

Roseana Sarney ressaltou que esse desempenho positivo da economia maranhense, mostra que o estado está no caminho do desenvolvimento e que a política de atração de investimentos traçada pelo seu governo, em 2009, foi acertada. “Hoje, estamos vendo o resultado de todo esse trabalho”, observou.

Quanto à taxa de crescimento do PIB, o IBGE divulgou apenas a variação do Brasil, que cresceu 1% em relação a 2011. O órgão justifica que em virtude dos trabalhos de construção de uma nova base das Contas Nacionais que terá como referência o ano base 2010, não será divulgado este ano o crescimento real do PIB nos estados.

O PIB per capita do Maranhão também avançou, saindo de R$ 7.852,71 em 2011 para R$ 8.760,34 em 2012.

Participação
Segundo o presidente do Imesc, Fernando Barreto, na participação setorial no valor adicionado bruto do Estado do Maranhão, por atividades econômicas, no ano de 2012, o setor de serviços participa com 68,4% do PIB, seguido da indústria com 16,6% e agropecuária, que responde por 15%.

De acordo com os números das Contas Regionais 2012, o setor de serviços do Maranhão, puxado pelo dinamismo do comércio, é o destaque, ao responder por 68,4% do valor adicionado bruto do Estado, o que correspondeu a um incremento de 3,5 ponto percentual em comparação a 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário