Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Bastidores da política desta terça....

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta terça-feira, 1º de dezembro de 2015.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
1º de dezembro de 2015

Chapa
Com o cenário mudado em função da retirada precoce da pré-candidatura do PCdoB, o PSDB, que certamente apoiaria Clayton Noleto, se animou e com o sinal verde dado pelo líder Sebastião Madeira os tucanos Esmerahdson de Pinho e Daniel Souza caíram em campo buscando a viabilização da candidatura. Mas pode estar pintando um balde de água fria nas pretensões dos dois. É que começa a ganhar corpo nas hostes do PCdoB uma movimentação pela candidatura própria, tendo como opção não mais o secretário Clayton Noleto, mas o deputado estadual Marco Aurélio, hoje bem colocado nas pesquisas de intenção de votos. Se dependesse só do diretório municipal, o partido já teria batido o martelo, mas tem o PDT no caminho e o governador Flávio Dino teme perdê-lo. Por isso, a sua cautela sobre a sucessão em Imperatriz. Mas no caso de acontecer uma reviravolta, acabaria a pretensão do PSDB de ter candidatura própria. A sua briga seria para indicar o vice do PCdoB. Seria reeditada a aliança estadual de 2014. O vice de Flávio Dino é o tucano Carlos Brandão.

Aliança
Em Montes Alto há pelo menos quatro pré-candidatos à sucessão do prefeito Valdivino Rocha. Pretendem concorrer Domingos França, Jeane, Ajuricaba e Valter, este apoiado pelo prefeito. Mas segundo um líder político montealtense, dificilmente os três da oposição serão candidatos, pois acha que haverá um acordo para marcharem juntos, porque dividindo facilita para a situação. O problema é saber quem vai abrir mão.

Imbróglio
Pelo jeito, o episódio de sexta-feira registrado na Delegacia Regional de Segurança é apenas o primeiro capítulo de uma novela que pode se arrastar por um bom tempo. Como a coluna foi redigida antes de uma reunião marcada pela OAB, não se pode aqui informar o que aconteceu. Também a entidade havia marcado uma entrevista coletiva, mas os profissionais dos órgãos de comunicação estavam se recusando a comparecer.

Ele disse
Sempre bom ser recebido com educação e carinho pelo povo simples do Maranhão, que é o único dono do nosso governo. Do carinho do povo simples, extraio a energia para enfrentar os problemas sociais e todo tipo de prática coronelista”. Palavras de Flávio Dino, possivelmente uma indireta para a prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge, que protagonizou uma cena nada recomendável para uma autoridade, durante a visita do governador, sábado.

Olha aí!
Um dos partidos caçulas, PMB, já está ganhando força. Deputados federais e estaduais já começam a procurar o Partido da Mulher Brasileira. Cerca de 10 federais já teriam ingressado na sigla, entre eles o maranhense Aluísio Mendes, eleito pelo PSDC. Também podem ir Juscelino Filho (PRP), André Fufuca (PEN) e Victor Mendes (PV).

10 anos
Ontem completaram 10 anos do assassinato do advogado Valdeci Ferreira Rocha. Ele foi morto com três tiros por volta das 17h do dia 30 de novembro de 2005, dentro de uma caminhonete, em frente à prefeitura. O autor do crime, Gilvan Pereira Varão, foi julgado e condenado em 5 de março de 2008 à pena de 18 anos de reclusão. Mas já está em liberdade. Acusada de mandante, a ex-mulher de Valdeci, Irani Vieira, foi condenada a 15 anos, mas recorreu ao Tribunal de Justiça em liberdade. Outro envolvido no crime, o advogado Alexandre Moura Lima, também está solto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário