Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Bastidores da política desta sexta....

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta sexta-feira, 11 de dezembro de 2015.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
11 de dezembro de 2015

Defesa
Único vereador do PT na Câmara Municipal de Imperatriz, na sessão de ontem, Aurélio Gomes usou a tribuna no horário do Grande Expediente, destinado a pronunciamentos, para defender a presidente Dilma Rousseff, alvo de um processo de impeachment na Câmara. Segundo ele, não há crime cometido por Dilma e, portanto, a proposta de cassação é um golpe. “Mandato se ganha com voto, e não com golpe”, afirmou Aurélio, sendo aparteado pelo vereador Hamilton Miranda. “Quero parabenizar o nobre colega pela coragem para defender o indefensável”, declarou Hamilton, desejando que o povo vá para as ruas o mais rápido possível defender o impeachment. Vale destacar que Hamilton é do PMDB, partido que, pelo menos até agora, apoia o governo. Aurélio Gomes lembrou que não apenas ele, mas governadores, entre os quais Flávio Dino, CUT, OAB e outras instituições são contra a cassação da presidente. “Só quem não quer é o PSDB e uma parte do PMDB”, observou.

No muro
O vice-governador Carlos Brandão, presidente estadual do PSDB, está sendo “cobrado” para que se manifeste sobre o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, como estão fazendo os tucanos em todo o Brasil. Afinado com o governador Flávio Dino, que defende Dilma, Brandão talvez não queira entrar em polêmica com aliados dilmistas. E como o comando nacional tucano não está cobrando nada, boca fechada é a melhor saída.

Lado
Há grande expectativa dos eleitores maranhenses em torno do posicionamento dos parlamentares do estado sobre o impeachment. Como eles votariam? Será se todos dos partidos da base aliada do governo ficariam a favor de Dilma? Pelo menos três ficariam: Rubens Júnior (PCdoB), Weverton Rocha (PDT) e Zé Carlos, que é do PT. Eliziane Gama (Rede) já demonstrou que votaria a favor da cassação. José Reinaldo Tavares (PSB), se acompanhar o partido, também. E Waldir Maranhão (PP). Já João Castelo, por ser do PSDB, seguiria a orientação do partido. Quanto aos outros, do grupo Sarney, seguiriam o cacique.

Valorização
Ontem a Câmara aprovou projeto de resolução do vereador João Francisco Silva que propõe o pagamento de auxílio alimentação aos servidores efetivos daquela Casa. O valor passa dos 200 reais, mas dependendo da situação orçamentária, pode chegar a 400 reais. Grande parte dos servidores acompanhou a votação. Todos demonstram estar satisfeitos com a gestão do presidente José Carlos Soares Barros.

Reação
O deputado estadual Fernando Furtado (PCdoB-MA) utilizou a tribuna, ontem, para condenar as declarações do deputado federal Paulinho da Força Sindical (SDD-SP) sobre o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT). De acordo com ele, o deputado federal teceu comentários que ofendem o PCdoB e o PT, quando disse que os parlamentares que têm raiva dele na câmara são membros dos referidos partidos. Segundo Furtado, Paulinho não pode atacar o PCdoB e os trabalhadores da forma como está fazendo, porque não tem moral para isso.

Fumaça
A fumaça que há dias toma conta de Imperatriz e região está causando problemas, não apenas em relação à saúde. Ontem, o aeroporto Renato Moreira operou com restrição. Em consequência disso, o voo JJ3552 (Brasília/Imperatriz) da TAM alternou para São Luís. Foi cancelado o voo JJ3552 (Imperatriz/São Luís). Voos da Azul Linhas Aéreas de São Luís para Imperatriz e Belo Horizonte/Imperatriz tiveram suas rotas alteradas para o aeroporto de Marabá, devido à baixa visibilidade provocada pela fumaça. Com isso, também foram cancelados os voos de Imperatriz para Belém e Belo Horizonte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário