Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Casos de dengue caem em mais de 50%

Mosquito transmissor da dengue.
Imperatriz - Os dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação mostram que 120 casos de dengue foram registrados aqui em Imperatriz neste ano, uma redução de mais de 50% em comparação com o ano passado, quando foram notificados, 252 casos da doença na cidade.

No último levantamento feito pelo Ministério da Saúde foi constatado que Imperatriz mantém índice de infestação do mosquito em 0,7% (menor que 1% que é considerado baixo risco/satisfatório). Os municípios classificados como situação de alerta apresentam larva de mosquito entre 1% e 3,9% dos imóveis pesquisados. Um dos pontos apontados pelo Departamento de Vigilância de Saúde do município, que ajudou nessa redução, foram as campanhas educativas realizadas constantemente para alertar a população.

Na manhã de quarta-feira, dia 10, foi realizada uma blitz educativa, onde foram entregues folders e materiais informativos para despertar a atenção da sociedade quanto a necessidade de continuar com os cuidados que eliminam focos do mosquito da dengue, como não deixar entulhos e vasilhas com água parada.

A coordenadora da Vigilância em Saúde, Wilderlanya Alencar, ressaltou a importância em manter a comunidade em alerta porque no período de chuva, aqui na região, é a época mais propícia para a reprodução do mosquito da dengue. Segundo comprovação científica, os ovos do mosquito transmissor da dengue, sobrevivem até 450 dias fora da água, o que representa maior risco de infestação, pois esses ovos estando depositados em ambientes secos, assim que entra em contato com a água, se reproduz.

Segundo o Ministério da Saúde, 533 municípios brasileiros estão em situação de alerta para a dengue e 117 correm o risco de registrar uma epidemia da doença. O levantamento mostra, também, uma redução de 25% nos casos de mortes no Estado, relacionados à dengue. Ano passado foram registrados 16 mortes no Maranhão, enquanto este ano, até 25 de outubro, aconteceram 12 mortes.

Texto: ASSESSORIA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário