Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Bastidores da política desta quinta....

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta quinta-feira, 18 de dezembro.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
18 de Dezembro de 2014    

Sucessão tucana
A eleição do novo diretório municipal do PSDB ocorrerá em março. O atual presidente, Cândido Madeira, não deverá continuar no cargo, até porque é praxe a alternância no comando da sigla tucana. Até agora, ninguém se manifestou publicamente com interesse em assumir o cargo, mas especula-se que um dos nomes com fortes possibilidades de ser o candidato à presidência é o do vereador Esmerahdson de Pinho. O também vereador Hamilton Miranda vem sendo especulado como opção. Ele está filiado ao PSD, mas voltaria ao ninho tucano. Consta, porém, que Miranda está afinado com o presidente estadual do PSD, Cláudio Trinchão, e não estaria mais demonstrando interesse em sair da sigla. A questão é que o PSDB não abre mão de lançar candidatura própria e Hamilton tem interesse em disputar a prefeitura. Com isso, seria obrigado a voltar ao PSDB. É aguardar.

Troco?
O suplente de deputado Valdinar Barros não deverá ter o gostinho de passar o último mês da atual legislatura, janeiro, ocupando uma cadeira da AL. Consta que o deputado Bira Pindaré teria decidido assumir a Secretaria de Ciência e Tecnologia somente em fevereiro. O relacionamento entre os dois azedou desde que Valdinar ingressou na justiça contra Bira por infidelidade partidária, porque trocou o PT pelo PSB.

Menos um
A atual bancada de Imperatriz na Assembleia Legislativa tem quatro deputados – Antonio Pereira, Léo Cunha, Carlinhos Amorim e Dr. Pádua, mas a partir de fevereiro não terá os dois últimos, que não se reelegeram. Entretanto, ficará com três, porque foi eleito o vereador Marco Aurélio.

Parcerias
Terça-feira, o governador eleito Flávio Dino (PCdoB) visitou a Caixa Econômica Federal. Ontem, o Banco do Nordeste. E hoje, o Banco do Brasil. “Em busca de parcerias para o desenvolvimento do Maranhão”, disse Flávio Dino, que na segunda-feira também participou de uma reunião do Conselho de Representantes da FETAEMA. “Diálogo com a classe trabalhadora será a marca do nosso governo”, destacou, prometendo “muita novidade boa no Maranhão, a partir de 1º de janeiro. Instituições e sociedade muito motivadas a transformar nossa realidade injusta”.

Mudança
O conselheiro João Jorge Jinkings Pavão foi eleito ontem presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA) para o biênio 2015/16. Atual vice-presidente da Corte de Contas, Pavão assume o mandato a partir do dia 1º de janeiro juntamente com os conselheiros José de Ribamar Caldas Furtado, Raimundo Nonato Lago e Washington Oliveira, que foram eleitos vice-presidente, corregedor e ouvidor, respectivamente.

Ele disse
Não seria irresponsável de desejar o fracasso do governo Flávio Dino, pois desejar isso seria desejar o pior para meus filhos que aqui vivem e desejar o pior para o povo que me recebeu com tanto carinho nas eleições de 2014”. Palavras do senador Lobão Filho, que disputou o governo com Flávio Dino.

Reação
A ex-chefe da Casa Civil, Anna Graziella, desmentiu o colunista da Folha, Bernardo Mello Franco, que em artigo afirmou que a ex-governadora Roseana Sarney “sumiu”. Graziella afirmou que ela  está em São Luís e renunciou por motivos estritamente pessoais,  uma decisão “que deve ser respeitada”. Desmentiu, também, que o Estado não é uma bagunça e não há ‘buraco’ nas contas públicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário