Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Bastidores da política desta quinta....

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta quinta-feira, 11 de dezembro.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
11 de Dezembro de 2014   

Mandato-tampão
O Maranhão tem novo governador. Ontem o presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo, assumiu o governo, com a renúncia de Roseana Sarney. Daqui a 20 dias, o estado terá outro governador, Flávio Dino, que se elegeu no dia 5 de outubro. A renúncia de Roseana era esperada. Ela afirmou que a decisão de deixar o Governo é de cunho pessoal e que não há nenhuma conotação política ou de qualquer outro interesse. É uma forma de homenagem à Assembleia Legislativa, “esta Casa que sempre esteve ao meu lado e que foi muito importante para concretizarmos um bom Governo”. Arnaldo Melo garantiu que a “nossa prioridade é concluir os programas e projetos do governo. E para isso vamos intensificar a rotina administrativa do governo”. Pode até ser que ele conclua alguma coisa, mas é difícil em 20 dias, porque o poder público passa vinte anos para fazer uma obra. Os exemplos estão no país todo.

Volta
Com o afastamento de Arnaldo Melo, a presidência do Legislativo Estadual passa a ser ocupada pelo primeiro vice-presidente, deputado Max Barros. Ele fica no comando da AL até o fim do ano. Quando acabar a sua curta temporada no Palácio dos Leões, Arnaldo retorna ao seu posto na Assembleia para encerrar a atual legislatura.

Renúncia
Na manhã de ontem, o vereador Marco Aurélio (PCdoB) informou à coluna que vai renunciar ao mandato no dia 22 de dezembro, portanto antecipando a sua saída da Câmara Municipal de Imperatriz. Ele foi eleito deputado estadual e será substituído pelo primeiro suplente da coligação PCdoB-PP-PSB-PRP, professor Adonilson. “É um gesto de agradecimento ao amigo Adonilson pelo seu engajamento na minha campanha”, afirmou Marco Aurélio.

Infraestrutura maranhense
O secretário de Infraestrutura do Maranhão, Clayton Noleto, reúne-se com a cúpula da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema) na próxima quinta-feira, em São Luís. O secretário irá ouvir o setor industrial maranhense sobre os desafios para o desenvolvimento do estado no tocante à sua pasta.

Inauguração
Acontece hoje, às 18h, a inauguração da nova sede do Diretório Municipal do PDT, localizada na rua Barão do Rio Branco (1002) – entre as ruas Bahia e Minas Gerais, bairro Três Poderes. A presidente municipal do PDT, Rosângela Curado, informou que estarão presentes Carlos Lupi, Weverton Rocha, Deoclides Macedo, Julião Amin e outras lideranças do partido. O prefeito Sebastião Madeira (PSDB) foi convidado e deverá comparecer, assim como o presidente municipal do PSDB, Cândido Madeira.

Promessa
Hoje, dia internacional contra a corrupção, reafirmo compromisso com práticas administrativas honestas como caminho para desenvolver o Maranhão”. Palavras do governador eleito Flávio Dino, anteontem.
-    Que assim seja.

Sem festa
Ontem, um secretário garantiu à coluna que Imperatriz não terá festa de réveillon, realizada pela Prefeitura. O dinheiro está pouco nos cofres da “Viúva” e a ordem é contenção de despesas. Será a primeira vez, pelo menos nas duas últimas décadas, que não haverá a festa popular que marca a virada do ano na terra do Frei.

Aprovadas
Na Sessão Extraordinária realizada na manhã de ontem, o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA) aprovou as contas da ex-governadora Roseana Sarney Murad, relativas ao exercício financeiro de 2013. O relator do processo de prestação de contas foi o conselheiro Álvaro César de França Ferreira e o procurador Douglas Paulo da Silva assinou o parecer do Ministério Público de Contas (MPC). Embora a prestação de contas, no tocante ao cumprimento dos limites constitucionais exigidos nas diversas áreas de gestão, não tenha apresentado nenhuma impropriedade, mesmo com parecer favorável à aprovação o relator sugeriu uma série de recomendações que devem ser seguidas nas ações de governo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário