Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Bastidores da política desta quarta...

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta quarta-feira, 3 de setembro.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
3 de Setembro de 2014    

Velho problema
Na sessão de ontem, vereadores da oposição e da situação voltaram a bater duro sobre o grave problema da falta de água, não só nos bairros, mas também no Centro de Imperatriz. “É uma vergonha, inadmissível. Não estamos no deserto do Saara. Passa um rio no fundo do quintal da nossa cidade”, afirmou o vereador Rildo Amaral em discurso da tribuna. Ele defendeu o rompimento do contrato da prefeitura com a Caema, desafiando o prefeito Sebastião Madeira a fazer isso. “Terei o prazer de vir a essa tribuna para elogiar o prefeito”, prometeu o vereador oposicionista. O vereador Chiquim da Diferro reforçou o discurso do colega, e requereu à presidência da Casa que ingresse na justiça com uma ação pedindo a suspensão da cobrança da taxa de esgoto. Outros vereadores também se manifestaram, condenando a falta de capacidade da Caema para resolver o problema no sistema de abastecimento de água da cidade.

CPI
Vereadores estão articulando a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), de iniciativa popular. A primeira reunião foi realizada na quarta-feira (27). Amanhã, haverá nova reunião, envolvendo líderes comunitários de bairros e representante do Sindicato dos Urbanitários do Maranhão (STIU-MA). Foram também convidados representantes do Ministério Público e da Defensoria Pública. No ano passado a Câmara criou a CPI da Caema, mas poucos dias depois foi arquivada, sob a promessa de que o problema seria resolvido.

Situação
O vereador Aurélio Gomes (PT) revelou que o problema da falta de água está afetando duramente a população, observando que as manicures estão deixando para trabalhar à noite, quando chega água. E isso não é todo dia. E há pizzarias de bairros que estão começando a funcionar somente a partir das 22 horas.

Videntes
Do debate político acerca da eleição, está surgindo uma empresa de marketing intitulada Diná Assessoramento Político e Adivinhações Gerais Ltda., com cotas participativas de vários inocentes locais. Gente do Executivo, da Câmara e ciribas diversos, frequentadores da Banca do Chico, na Praça de Fátima.    

Estragos
A entrada oficial de Ildon Marques (PMN) na eleição causou um efeito, até certo ponto, esperado: o abandono de outras candidaturas por parte de antigos aliados do ex-prefeito. E o acirramento das expectativas entre ildistas e partidários da candidata Rosângela Curado sobre qual será a fatia que cada um abocanhará do eleitorado da cidade. É esperar a mais correta das pesquisas, as urnas.

Valdinar
O PT poderá fazer dois deputados estaduais, com a possibilidade de até três. Os principais nomes são Francisca Primo, Zé Inácio, Yglesio Moyses, Valdinar Barros, Fernando Silva e Fransuila. De acordo com um petista, o ex-vereador e ex-deputado Valdinar tem grandes chances de voltar à Assembleia Legislativa. Em 2006, ele se elegeu com 12 mil votos. Em 2010 não se reelegeu, mas quase dobrou a votação, obtendo 21 mil votos. Valdinar foi votado em 197 municípios. Em Imperatriz foram 4 mil votos. Nas eleições deste ano, Valdinar é candidato único da FETAEMA (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Maranhão), que  congrega cerca de 200 sindicatos.

Campanha
A professora universitária e assistente social maranhense Cláudia Durans estará em São Luís até o final desta semana cumprindo agenda de campanha junto ao candidato ao Governo do Estado Saulo Arcangeli e do candidato ao Senado Marcos Silva. Ela é vice do metalúrgico Zé Maria, candidato à Presidência da República pelo PSTU. Sobre Marina Silva, Cláudia diz que o programa de governo segue a linha neoliberal que ela já apresentou nas eleições em 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário