Rádio MDB Brasil Nacionais

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Atlético-MG x Danúbio decidem vaga para 2ª fase da Libertadores

Atlético e Danúbio fazem jogo da volta no Independência.
(Foto: REUTERS/Andres Stapff)
Belo Horizonte - Os primeiros classificados para a terceira fase da Copa Libertadores serão conhecidos na noite desta terça-feira. A partir das 19h15 (de Brasília), Atlético-MG e Danúbio decidem quem avança na competição. No primeiro jogo, na terça passada, em Montevidéu, as duas equipes empataram em 2 a 2. Quem vencer a partida desta terça se classifica. Empate por 0 a 0 ou 1 a 1 dá a classificação para o Galo. Se o placar de 2 a 2 se repetir, a decisão vai para os pênaltis. Empate por 3 a 3 ou mais (4 a 4, 5 a 5...) dá a vaga ao Danúbio.

O classificado vai enfrentar o vencedor do duelo entre Barcelona-EQU e Defensor-URU, que também jogam nesta terça, às 21h30. Por causa de jogador irregular, a equipe equatoriana foi punida pela Conmebol, que decretou vitória dos uruguaios por 3 a 0. Para passar de fase, o Barcelona-EQU precisa de vitória, no tempo normal, por quatro ou mais gols de vantagem. Os dois times classificados vão definir, a partir da próxima semana, quem entra na última vaga do Grupo E da Libertadores, que conta com Cerro Porteño-PAR, Nacional-URU e Zamora-VEN.

Atlético
A aposta de Levir Culpi é na manutenção do time que jogou a primeira partida e criou diversas oportunidades. Os titulares do Galo estão descansados, já que nenhum atuou no fim de semana, pelo Mineiro. Sendo assim, junto com a torcida, que esgotou os ingressos, o Atlético terá força máxima de todos os lados no Horto.

Escalação
Victor; Patrick, Réver, Igor Rabelo e Fábio Santos; Adílson, Elias e Cazares; Chará, Ricardo Oliveira e Luan.

Danúbio 
Assim como Levir, Marcelo Méndez aposta na manutenção da equipe e também repetirá a equipe que jogou em Montevidéu, visando surpreender no Independência e proporcionar uma zebra. Federico Rodríguez será mais uma vez o principal perigo para a defesa atleticana.

Escalação
Frederico Cristóforo; Sergio Felipe, Renzo Ramirez, Ernesto Goni e Leandro Sosa; Pablo Silas, Gonzalo Montes e Carlos Grossmiller; Denis Oliveira, Frederico Rodriguez e Leandro Onetto.

Arbitragem
Patricio Loustau apita, auxiliado por Diego Bonfa e Ezequiel Brailovsky, todos da Argentina.

Fonte: Globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário