Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB

Rádio MDB 2

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Coluna Na Marca do Pênalti desta quarta...

Imperatriz - Confira alguns tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", edição desta quarta-feira, 30 de novembro de 2016, do Jornal "Correio Popular", escrita pelo radialista Carloto Júnior.
Radialista Carloto Júnior.

Na Marca do Pênalti
30 de novembro de 2016


Tragédia...
...nunca é esperada, ainda mais se tratando de queda de avião, considerado o meio de transporte mais seguro que existe. Mas, infelizmente, o mundo parou nas primeiras horas de terça-feira (29), com a trágica notícia da queda do avião que transportava o time brasileiro da Chapecoense para a Colômbia onde a equipe catarinense jogaria nesta quarta-feira (30), a primeira partida de final da Copa Sul Americana. Com o advento das redes sociais, as informações se alastraram por todo o mundo deixando as pessoas, em especial os apaixonados por futebol, perplexos com a tragédia. Dos 22 jogadores, apenas 4 saíram com vida. Os goleiros Danilo (que não suportou os ferimentos e faleceu no hospital), Follmann, o lateral Alan Ruschel e o zagueiro Neto.

Louvável...
...e digna de aplausos a iniciativa do Atlético Nacional da Colômbia que sugeriu à Conmebol que declare a equipe da Chapecoense com campeã da Copa Sul Americana. Um gesto que só os grandes campeões conseguem ter, até porque, mais importante do que o lado esportivo, é o lado humano. "Por estarmos muito preocupados com a parte humana, pensamos no aspecto competitivo e queremos publicar este comunicado onde o Atlético Nacional pede à Conmebol que o título da Copa Sul-Americana seja entregue ao Chapecoense como homenagem à sua grande perda e em homenagem póstuma às vítimas do acidente fatal que deixou o esporte em luto. De nossa parte, e para sempre, Chapecoense: Campeão da Sul-Americana de 2016", apresenta a nota do time colombiano.

Uma das vítimas...
...do acidente com o avião da Chapecoense, registrado na madrugada de terça-feira (29), era um maranhense: o atacante Ananias, de São Luís. A polícia colombiana confirmou a morte de mais de 70 pessoas que estavam a bordo do avião que levava o time para a Colômbia. Ananias atuou em times como Bahia, Portuguesa, Cruzeiro, Palmeiras, Sport e já estava na Chapecoense há dois anos. Em 2015, o jogador fez 10 gols e participou de 51 partidas. Neste ano, ele já tinha balançado as redes dos adversários em seis oportunidades, em 41 jogos. Outro maranhense que atua na equipe catarinense é o meia atacante Lourency, que não foi relacionado para a viagem por conta de um jogo da equipe do Sub 20. Ele é natural daqui de Imperatriz.

O jornalismo...
...brasileiro também está de luto, já que no trágico acidente do avião que levava a Chapecoense, 21 jornalistas viajavam para cobrir a primeira partida da final da Copa Sul Americana. Entre os mais conhecidos estavam o narrador Deva Pascovicci, o comentarista Mário Sérgio e o repórter Victorino Chermont, todos da Fox Sport. A diretoria da Chapecoense liberou a relação dos jornalistas que estavam no voo: Victorino Chermont (Fox Sports), Rodrigo Gonçalves, Devair Paschoalon (Deva Pascovicci – Fox Sport), Lilacio Júnior, Paulo Clement (Fox Sports), Mario Sergio Pontes de Paiva (Fox Sports, ex-jogador e ex-treinador), Guilher Marques, Ari Júnior, Guilherme Laars, Giovane Klein, Bruno Silva, Djalma Neto, André Podiacki, Laion Espindula, Renan Agnolin, Fernando Schardong, Edson Ebeliny, Gelson Galiotto, Douglas Dorneles, Jacir Biavatti e Rafael Henzel (o único a sobreviver).

Já era...
...de se esperar a saída de Ranyelle Ricardo da presidência do Imperatriz, com Damião Benício assumindo as rédeas do Cavalo de Aço. Para quem conhece Damião desde a época em que ele foi presidente do Imperatriz nos anos 90, conhece o jeito Damião de comandar a equipe. Homem de pulso forte, cumpridor dos compromissos com jogadores, comissão técnica e funcionários do clube, mas que não admite interferência na sua administração. O motivo apresentado (falta de tempo) para a saída de Ranyelle não passa de um pretexto, já que quando se propôs a ser presidente era sabedor do tempo que o clube ia consumir. A verdade é que as ideias não bateram e como desde o início Damião foi quem sempre deu as cartas, resolveu tomar a frente e assumir de fato e de direito o clube. Agora é aguardar a apresentação do time na próxima segunda-feira (05) e esperar que o jeito Damião de administrar, ainda, tenha sucesso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário