Rádio MDB Brasil Nacionais

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Fluminense não sai do zero com time chileno na Sul Americana

Fluminense insistiu nas boas aéreas sem sucesso.
(Foto: André Durão)
Rio - O Fluminense não conseguiu encontrar um caminho para superar a defesa do Antofagasta e ficou no 0 a 0, na noite de terça-feira (26), no Maracanã, no jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana. O time abusou das bolas na área como única alternativa para se aproximar do gol e parou em uma grande atuação do goleiro Hurtado, terceira opção para a posição no elenco do clube chileno.

A maior preocupação do Antofagasta estava no gol. No entanto, foi justamente Hurtado o grande nome do jogo. Ele fez pelo menos três grandes defesas em duas cabeçadas, uma de Matheus Ferraz e outra de Yony González. O goleiro ainda conseguiu um milagre no segundo tempo, quando González pegou uma sobra de escanteio livre e chutou para a sua melhor intervenção no confronto.

Sem criatividade
Apesar de o Fluminense ter conseguido levar vantagem no jogo aéreo, graças ao bom aproveitamento de Caio Henrique nos cruzamentos, o time não mostrou criatividade para furar o bloqueio do adversário. O técnico Fernando Diniz não encontrou soluções para a retranca chilena e ficou no 0 a 0, com direito a vaias no fim do jogo.

Complicou?
O jogo de volta será no dia 21 de março, no Chile. O Fluminense precisará de um empate com gols ou de uma vitória para se classificar. Caso haja um novo 0 a 0, a decisão da vaga será nos pênaltis.

Agenda
O Fluminense, agora, volta suas atenções para o confronto com o Resende, sexta-feira, em Moça Bonita, às 16h (de Brasília), pela 2ª rodada da Taça Rio. O time vem de uma vitória por 2 a 0 sobre o Bangu na competição.

Fonte: Globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário