Rádio MDB Brasil Nacionais

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Coluna Na Marca do Pênalti desta terça...

Imperatriz - Confira os tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", desta terça-feira, 05 de fevereiro de 2019, do "Jornal Correio", escrita pelo radialista Carloto Júnior.
Radialista Carloto Júnior.

Coluna na Marca do Pênalti
05 de fevereiro de 2019

Agora é pra valer!
Assim podemos falar sobre o início da temporada para algumas equipes brasileiras, em especial àquelas que participam da Copa do Brasil e da Pré-Libertadores, duas das principais competições que iniciam a partir deste meio de semana. A Copa do Brasil, com exceções das equipes que estão na Libertadores, tem o seu pontapé inicial com a presença de equipes como Fluminense, Vasco, Botafogo, Santos, Corinthians, além dos nossos representantes, Imperatriz e Moto Club. O Sampaio entra, somente, nas oitavas de final, já que é o atual campeão da Copa do Nordeste. Na Pré-Libertadores, Atlético-MG e São Paulo começam a brigar por vaga na fase de grupo, também, nesta semana. O Galo enfrenta o Danúbio, do Uruguai (terça), enquanto o Tricolor encara o Talleres, da Argentina (quarta). Como diz o título, “Agora é pra valer”!

Rápido...
...como um Corisco, a diretoria do Maranhão Atlético Clube (MAC) anunciou Sandow Feques em substituição a Marcinho Guerreiro que anunciou sua saída da equipe atleticana após a derrota para o São José (3 x 2), no domingo, em Rosário. Na segunda-feira o MAC anunciou o acerto com Sandow e, na terça, o novo comandante foi apresentado. Ele chega com o auxiliar técnico, Paulo César (Coração de Leão). A diretoria do MAC anunciou, também, um diretor de futebol (Izone Carvalho). Além disso, o Maranhão repatriou o goleiro Rodrigo Ramos, que foi campeão da Copa FMF com o MAC e que tinha ido para o futebol baiano, defender o Atlético de Alagoinhas. Após pedir desligamento do clube baiano, após falhar no empate em 4 x 4, com o Jequié, Rodrigo se acertou com o Maranhão. Com a chegada de Sandow Feques, Rodrigo pode ter a chance de ser o titular, já que o goleiro Santos, segunda informações, falhou na derrota para o São José. Só não sei se a chegada de Sandow e Rodrigo Ramos é suficiente para tirar o Maranhão da situação que está. Com 3 pontos, ocupando a 6ª colocação, o MAC tem os clássicos contra Moto e Sampaio, além do Cavalo de Aço, em Imperatriz. 

Marcinho Guerreiro...
...está batendo o recorde no quesito troca de clubes desde o ano passado no Maranhão. Campeão estadual pelo Moto Clube, ele se transferiu para o Cavalo de Aço para disputar o Brasileiro da Série D, onde conquistou o acesso para a Série C deste ano. Após a competição, foi sondado e, até anunciado, pela equipe do Timon, para a Série B do estadual, mas, de última hora, resolveu não aceitar o convite. Posteriormente aceitou assumir o Sampaio na tentativa de salvar o Tricolor do rebaixamento para a Série C, sem sucesso. Ou seja, em 2018, dirigiu três equipes (Moto, Imperatriz e Sampaio). Este ano, iniciando o mês de fevereiro, o treinador já está na sua segunda equipe. Após assumir o Maranhão para o estadual, pediu demissão após 3 jogos e já se apresentou no Treze, da Paraíba. De cara já enfrenta o clássico com o Campinense, no domingo. Uma pergunta que não quer calar: Marcinho vai comandar quantas equipes este ano de 2019?

As emissoras...
...de rádios do Maranhão estão sem prestígio junto a Federação Maranhense de Futebol em 2019. Isso porque a entidade está marcando os horários dos jogos do meio de semana em horários completamente incompatíveis com os horários de transmissões. Na tabela original, os jogos estavam marcados para às 19h, ou seja, no horário da transmissão da Voz do Brasil. Posteriormente foram alterados para às 20h, horário que termina a Voz do Brasil. Quando as emissoras começam a transmissão, a bola já está rolando e o ouvinte de rádio começa a ouvir o jogo sem saber as escalações. Até o ano passado, os jogos começavam às 20h15, inclusive aqui em Imperatriz, quando os jogos aconteciam no meio de semana. O jogo da Copa do Brasil, com o Náutico, na terça-feira, vai ser às 20h30 (21h30 horário de Brasília). A diretoria do Cavalo de Aço pouco ligou para esse horário das 20h. Até parece que o rádio não tem sua importância no contexto, apesar de os dirigentes falarem o contrário quando se manifestam. Uma pena!

Nenhum comentário:

Postar um comentário