Rádio MDB Brasil Nacionais

sábado, 9 de fevereiro de 2019

Clubes maranhenses se solidarizam com o Flamengo após tragédia

Federação Maranhense de Futebol (FMF) se solidariza com o Flamengo.
São Luís - A tragédia ocorrida na madrugada de sexta-feira, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, no CT do Ninho do Urubu, do Flamengo, com a morte de 10 garotos da base e mais 3 feridos está comovendo o mundo todo, não só no futebol. Vários clubes do Brasil divulgaram notas de apoio ao clube carioca. 

As semifinais da Taça Guanabara, que corresponde ao 1º turno do Campeonato Maranhense foi adiada. Flamengo e Fluminense, que jogavam nesta sábado foi adiado para quinta-feira (14), enquanto Vasco e Resende, saiu do domingo e foi para quarta-feira (13).
Maranhão
Aqui no Maranhão, Moto, Sampaio, Maranhão, Imperatriz e Pinheiro, também, manifestaram apoio ao Flamengo na sexta-feira (8). O Moto Club disse "demonstrar sua solidariedade e dar forças aos familiares e trabalhadores que foram vitimados no incêndio do C.T do Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro".
O Sampaio disse que "sente na pele essa tragédia ocorrida no CT Ninho do Urubu e se solidariza com o Clube de Regatas Flamengo, clamando a Deus pelas famílias que sofrem por suas perdas tão irreparáveis". O MAC postou que “manifesta seus sentimentos e solidariedade ao Flamengo, às famílias, amigos das vítimas e torcedores pelo triste acidente no Ninho do Urubu”.
O Pinheiro, que voltou a Série A do Estadual este ano, também, usou a hashtag "#ForçaFlamengo" e se manifestou sobre o assunto. O Cavalo de Aço não deixou por menos e divulgou nota de pesar dizendo que lamenta "profundamente a tragédia ocorrida nesta manhã vitimando jovens atletas do Flamengo. Nosso pesar ao clube, familiares e amigos”.

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) também divulgou nota e confirmou um minuto de silêncio antes dos jogos deste fim de semana pela sequência da quarta rodada do Estadual. "A FMF prestará 1 min. de silêncio em todos os seus jogos neste fim de semana e, declara oficialmente, 3 dias de luto".

Nenhum comentário:

Postar um comentário