quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Aumenta o número de lançamentos imobiliários no Brasil

Foto meramente ilustrativa.
A economia brasileira vem apresentando resultados positivos nos últimos dois anos após a grave crise econômica ainda sentida pelo país. Com isso, muitos mercados e segmentos passaram a apresentar melhoras em termos de comercialização e negócios. 

Um deles foi o mercado imobiliário, que vem registrando altas e bom aquecimento desde o ano de 2017. Aquecimento esse concentrado mais em relação a venda de imóveis já prontos e residências.

Em 2018, o ano também foi marcado pelo crescimento no setor. No segundo trimestre entre abril a junho, as vendas de unidades residenciais foram 17,3% maiores maiores em comparação com o trimestre anterior. Comparado com o mesmo período do ano de 2017, o volume de vendas de imóveis foi de cerca de 32,1%, segundo dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) em parceria com o Senai.

Entre abril e junho do ano passado, o número de vendas foi de 29,9 unidades residenciais. Um número que baixou o estoque de imóveis disponíveis à venda em 124,7 mil unidades em todo o país. Estoque esse que pode ser todo vendido em apenas doze meses, se continuado o volume mensal de compras. Com isso, o mercado aqueceu-se para um outro segmento, o de lançamentos imobiliários.

Um segmento que já apresentava boas expectativas, pois com a interiorização de muitas universidades nos últimos anos, o mercado passou a apostar em cidades menores, que passaram a receber estudantes com potencial de continuarem residindo nestes locais. Agora, com um estoque menor de imóveis prontos para comercialização e boas expectativas para a economia, o mercado imobiliário tem voltado seus olhos novamente para a produção de lançamentos, compradores e construtoras que precisam estar atentas nas melhores oportunidades de negócio. Se deseja comprar, busque informação em sites como este.

A onda de crescimento ainda é explicável por conta do aumento de segurança que o brasileiro anda tendo em relação a seu emprego e renda.  Mais seguros de que terão como fazer financiamentos imobiliários e pagar corretamente suas parcelas, as pessoas voltam à busca por realizar o sonho da casa própria. E as reduções das taxas de juros recentes fazem com que o crédito para financiamento fique mais barato, e portanto, atrativo.

Ponto importante a mencionar e concluir em relação ao aumento de lançamentos imobiliários no Brasil é que ele é generalizado, presente nos quatro cantos do território nacional.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Coluna Na Marca do Pênalti desta quarta...

Imperatriz - Confira os tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", desta quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019, do "Jornal Correio", escrita pelo radialista Carloto Júnior.
Radialista Carloto Júnior.

Coluna na Marca do Pênalti
27 de fevereiro de 2019

Impossível!
Com a vitória sobre o São José (2 x 0), o Moto Club, de São Luís, está impossível no Campeonato Maranhense da atual temporada. Em seis jogos realizados no estadual, o Rubro Negro venceu todos, somando 18 pontos, ou seja, 100% de aproveitamento. O ataque do Papão do Norte balançou as redes dos adversários em 8 oportunidades, enquanto sua defesa só foi vazada uma vez, tornando-se a defesa menos vazada do campeonato. Portanto, um saldo positivo de 7 gols, até o momento. Caso vença o clássico com o Maranhão, na última rodada, da 1ª fase, o Moto vai bater o recorde de ter conquistados todos os pontos em uma primeira fase. Por outro lado, o Rubro Negro maranhense não tem o mesmo desempenho na Copa do Nordeste, onde ocupa a 6ª colocação, no Grupo B, com 6 pontos conquistados, em 4 jogos realizados, sendo 1 vitória, apenas, e 3 empates. Seu ataque marcou 5 gols, enquanto a defesa sofreu 4, um saldo positivo de, apenas, 1 gol. Está mais do que claro que o Campeonato Maranhense e as equipes que dele participam são bem inferiores em relação a Copa do Nordeste. 

O Moto Club...
...é a única equipe classificada, matematicamente, para as semifinais do Campeonato Maranhense. Mais do que isso, o Rubro Negro já garantiu a primeira colocação, já que ninguém pode chegar aos seus 18 pontos, e a vantagem do mando de campo no segundo jogo da semifinal, além de jogar por dois empates. Caso a primeira fase tivesse terminado antes dos jogos desta quinta-feira, o Sampaio, 4º colocado, seria o adversário do Moto. O Maranhão, com 9 pontos, é o 2º colocado enquanto o Imperatriz é o terceiro, com 8 pontos. O MAC (9), só tem um jogo (com o Moto), enquanto o Cavalo de Aço (8) e o Sampaio (7) têm dois jogos, ainda. Se o Imperatriz vencer o Cordino e o Sampaio o Santa Quitéria, ambos ultrapassam o time atleticano. O Pinheiro, com 7 pontos, também, tem dois jogos (Santa Quitéria e Sampaio), além do São José (7) que tem o jogo com o Imperatriz, na última rodada e espera o resultado do julgamento do jogo com o Cordino, que está no TJD. Tudo indica que somente na última rodada será definida as outras três equipes classificadas e a posição de cada uma. Certamente muitas emoções na última rodada, que deve acontecer no dia 17 de março.

O Cavalo de Aço...
...como no ano passado, pode decidir a sua classificação no jogo desta quinta-feira, contra o Cordino, em Barra do Corda. A situação da Onça de Barra do Corda é desesperadora, já que está na lanterna, sem ter conquistado 1 ponto, sequer. Esse jogo é decisivo para os dois times. Apesar de ter, ainda, o jogo com o São José em casa, na última rodada, o Imperatriz precisa vencer para não ter uma surpresa desagradável. Aliás, caso vença s dois jogos (e tem time para isso), o Cavalo de Aço termina como segundo colocado e com isso com a vantagem nas semifinais, em relação ao terceiro colocado. Mesmo com os desfalques de Gabriel Paulino, Anderson, Daniel Barros e João Neto, o Imperatriz é o favorito para o jogo desta quinta. Só precisa ser inteligente e jogar no desespero do Cordino que deve começar o jogo a todo vapor. 

Se o Moto Club...
...está muito bem, obrigado, o mesmo não podemos falar sobre o Sampaio Corrêa. O Tricolor, diferente do Rubro Negro, está há seis jogos sem saber o que é uma vitória na temporada. São cinco jogos no Maranhense e um na Copa do Nordeste, onde ele ocupa a 7ª posição, com 1 ponto, no Grupo A. Como está quase impossível se classificar para a competição nordestina, o jeito é apostar todas as fichas no Campeonato Maranhense, onde a partir desta quinta, enfrenta o Santa Quitéria, em São Mateus. Caso vença, o Sampaio vai a 10 pontos e, dependendo do resultado do Imperatriz com o Cordino, pode até terminar a rodada como vice-líder. Na última rodada enfrenta o Pinheiro que, também, briga por classificação para as semifinais. Para piorar, entre esse jogo com o Santa Quitéria e o do Pinheiro, certamente, no dia 17, tem jogos da Copa do Nordeste. Qual a melhor opção a tomar: abrir mão da Copa do Nordeste, onde tem chances remotas de se classificar, e focar no Maranhense ou buscar o máximo nas duas competições?

Santos empata com o River e está fora da Sul Americana

Carlos Sanchez é a imagem da decepção na eliminação do Santos.
(Foto: Marcos Riboli.) 
São Paulo - O silêncio de um Pacaembu sem torcedores marcou com melancolia a eliminação precoce do time de Jorge Sampaoli, sensação da temporada, na primeira fase da Copa Sul-Americana. O empate em 1 a 1 em São Paulo na última terça-feira serviu aos uruguaios, bem mais modestos, que já tinham comemorado um 0 a 0 no jogo de ida, há duas semanas. Faltaram testemunhas ao vexame santista. O Pacaembu se manteve de portões fechados graças a uma punição aplicada ao clube, que viu torcedores entrarem no gramado e atirarem bombas no campo em agosto passado, em outra queda traumática, aquela contra o Independiente, nas oitavas de final da Libertadores.

A eliminação cria uma fissura no começo de trabalho de Sampaoli, tão elogiado pela forma ofensiva como tem montado a equipe. O River Plate-URU fez o que lhe cabia. Montou uma retranca respeitável, praticamente anulou o ataque do Santos e viu o rival perdido – com a bola, por quase todo o tempo, mas perdido.

Com o time inteiro sempre postado no campo do adversário, o Santos deu aos uruguaios uma única oportunidade. Num contra-ataque perfeito, Mauro da Luz ganhou de Felipe Aguilar na velocidade, deixou Vanderlei para trás e fez o gol dos visitantes. O silêncio do Pacaembu foi quebrado por uns dez dirigentes do River Plate-URU que viam o jogo das cadeiras. Eles calaram o estádio – não que fosse necessário algum esforço, mas teriam feito o mesmo ainda que o lugar estivesse cheio.

A queda expõe o planejamento frágil da diretoria santista para a temporada, até então sob as sombras dos bons resultados no Campeonato Paulista e de uma classificação fácil na Copa do Brasil.

Se Sampaoli foi uma cartada audaciosa, e acertada até aqui, o elenco ainda carece de jogadores para funções importantes. O clube foi o último, entre os grandes do país, a apresentar um reforço para este ano. Fevereiro está acabando, e o Santos ainda não tem um lateral-esquerdo que mereça a confiança do treinador. Orinho é o único da posição, mas Sampaoli prefere improvisar o atacante Copete por ali. Com péssimo resultado.

Com um bom time, mas um elenco incompleto, Sampaoli se despediu da Copa Sul-Americana sem fazer a terceira substituição contra o River Plate – no jogo, trocou Pituca por Felippe Cardoso e Alison por Yuri. Precisando de um gol para se classificar, achou melhor deixar Eduardo Sasha, Arthur Gomes e Yuri Alberto no banco. Ele cobra a contratação de um centroavante. Era o único torneio internacional do Santos na temporada. Que só não acabou em silêncio por causa da festa dos uruguaios.

Fonte: Globo.com

Fluminense não sai do zero com time chileno na Sul Americana

Fluminense insistiu nas boas aéreas sem sucesso.
(Foto: André Durão)
Rio - O Fluminense não conseguiu encontrar um caminho para superar a defesa do Antofagasta e ficou no 0 a 0, na noite de terça-feira (26), no Maracanã, no jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana. O time abusou das bolas na área como única alternativa para se aproximar do gol e parou em uma grande atuação do goleiro Hurtado, terceira opção para a posição no elenco do clube chileno.

A maior preocupação do Antofagasta estava no gol. No entanto, foi justamente Hurtado o grande nome do jogo. Ele fez pelo menos três grandes defesas em duas cabeçadas, uma de Matheus Ferraz e outra de Yony González. O goleiro ainda conseguiu um milagre no segundo tempo, quando González pegou uma sobra de escanteio livre e chutou para a sua melhor intervenção no confronto.

Sem criatividade
Apesar de o Fluminense ter conseguido levar vantagem no jogo aéreo, graças ao bom aproveitamento de Caio Henrique nos cruzamentos, o time não mostrou criatividade para furar o bloqueio do adversário. O técnico Fernando Diniz não encontrou soluções para a retranca chilena e ficou no 0 a 0, com direito a vaias no fim do jogo.

Complicou?
O jogo de volta será no dia 21 de março, no Chile. O Fluminense precisará de um empate com gols ou de uma vitória para se classificar. Caso haja um novo 0 a 0, a decisão da vaga será nos pênaltis.

Agenda
O Fluminense, agora, volta suas atenções para o confronto com o Resende, sexta-feira, em Moça Bonita, às 16h (de Brasília), pela 2ª rodada da Taça Rio. O time vem de uma vitória por 2 a 0 sobre o Bangu na competição.

Fonte: Globo.com

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Moto Club vence o São José por 2 x 0 com facilidade

Lance do gol de Juninho Arcanjo, cobrando falta..
(Foto: Divulgação)
São Luís - Com gols de Juninho Arcanjo aos 24 minutos do 1º tempo, de falta, e Diego Vitor, após cruzamento do lateral Gleissinho, aos 19 da etapa final, o Moto Club, de São Luís, venceu o São José, por 2 x 0, na noite de terça-feira (26), no estádio Castelão, em São Luís, na abertura da 6ª rodada da 1ª fase do Campeonato Maranhense,  

No 2º tempo, antes de fazer 2 x 0, o Moto perdeu o meio campo Juninho Arcanjo, que levou o segundo cartão amarelo e foi expulso. Mesmo com um jogador a menos, o Papão fez o segundo gol, que acabou garantindo a vitória. O Peixe Pedra até tentou diminuir, mas o goleiro Rodolfo apareceu bem quando foi exigido.

Classificação
Com a vitória, o Moto chegou aos 18 pontos, emplacando a 6ª vitória consecutiva no estadual e a primeira colocação garantida, com 100% de aproveitamento. O São José perdeu a chance de entrar no G-4 e mantém os 7 pontos, permanecendo na 6ª colocação, correndo sério risco de ficar fora das semifinais.

Próximos jogos
No fim de semana, o Moto muda o chip e vai focar na Copa do Nordeste, onde recebe o Santa Cruz, no sábado (2), às 4 da tarde, no Castelão. A CBF pode decidir pela alteração de horário ou até mesmo mudar a data da partida por conta de falta de policiamento. No Maranhense, o Moto tem o último jogo da 1ª fase, contra o Maranhão, em data a ser definida pela FMF, possivelmente no dia 17 de março. O São José fecha a fase classificatória fora de casa contra o Imperatriz, também, na mesma data.

Confira os gols de Moto 2 x 0 São José, no vídeo abaixo:

Sampaio vive jejum de seis jogos sem vitórias

Sampaio é derrota pelo MAC no clássico Samará.
(Foto: Igor Leonardo)
São Luís - O Sampaio Corrêa chegou ao sexto jogo na temporada sem vitória e a seca de resultados positivos já ultrapassa um mês. O último triunfo do Tricolor aconteceu na 2ª rodada do Campeonato Maranhense, no dia 23 de janeiro, diante do Cordino, lanterna da competição que até agora não somou nenhum ponto. O jogo, que aconteceu em São Luis, terminou 2 a 0.

De lá para cá o Sampaio realizou seis partidas com um total de quatro derrotas e dois empates. Detalhe: todas estas seis partidas sem vitória foram no Castelão, como mandante ou não.

Para piorar os números do Sampaio neste momento, o ataque não rendeu. Nas últimas quatro partidas, nenhum gol foi marcado pela equipe. O Tubarão foi derrotado nos dois clássicos contra o Moto, perdeu outro clássico contra o MAC (estes três jogos por 1 a 0) e foi derrotado também pelo CSA, por 3 a 0, esse pela Copa do Nordeste.

Copa do Nordeste
O Sampaio (atual campeão da Copa do Nordeste) fez quatro jogos na competição nordestina e não ganhou nenhum. No máximo empatou, por isso tem um ponto e está a frente, apenas, do Sergipe, lanterna do Grupo A, que, anda, não pontuou.

Estadual
No Campeonato Maranhense, o time já fez cinco jogos, venceu dois, empatou um e perdeu outros dois. Durante a rodada do último sábado, o time chegou a ficar de fora do G-4, mas passou o fim de semana na quarta colocação, pois o Pinheiro perdeu para o São José e assim o Sampaio ganhou uma posição.

Próximos jogos
O Sampaio terá uma nova chance de quebrar essa sequência sem vitórias nesta quinta-feira (28), quando enfrenta o Santa Quitéria, em São Mateus, jogo válido pela 6ª rodada do Campeonato Maranhense. Na Copa do Nordeste, o próximo compromisso está marcado para 7 de março, contra o Náutico, em Recife, pela 5ª rodada.

Fonte: GE Maranhão.

Árbitros e assistentes maranhenses participam de testes da CBF

Árbitros e assistentes posam para foto.
(Foto: Divulgação) 
São Luís - Árbitros e assistentes pertencentes ao quadro da Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (CEAF-MA), estiveram participando na ultima sexta-feira (22), de testes teóricos e físicos, com o instrutor da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Francisco José Soares.

A primeira parte do treinamento, foi realizada no auditório do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJD-MA), com a aplicação do teste teórico. Já na segunda parte, os árbitros e assistentes, participaram de testes físicos, na pista de atletismo da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

O árbitro José Otávio, Raimundo José Chagas Araújo e o analista Silvio Eduardo, não alcançaram índice de aprovação.  Por outro lado, o árbitro Maykon Matos Nunes que não tinha alcançado índice no ano passado, este ano conseguiu alcançar seus objetivos. Ao todo são 7 árbitros, 12 assistentes e 2 analistas de campo.

Confira os aprovados
Árbitros:  São Luís
Mayron Frederico dos Reis Novaes, Raimundo José Chagas Araújo, José Henrique de Azevedo Junior, Paulo José Souza Mourão e Maykon Matos Nunes.

Assistentes: São Luís
Elson Araújo da Silva, Raphael Max Borges Pereira, Raelson Almeida, José Carlos de Jesus e Edna Cristina Santos Ferreira.

Árbitros: Imperatriz
Ranilton Oliveira de Souza e Ana Erica Carvalho Nascimento.

Assististes: Imperatriz
Carlos André Pereira de Souza e Adriana Oliveira Carvalho.

Assistentes: Bacabal
Antônio Fernando Sousa Santos e Ivanildo Gonçalves da Silva.

Assistentes: Alto Alegre
Antônio Adriano Oliveira

Assistente: Timon
Djavan Costa da Silva

Assistente: Açailândia
Wivian Silva Pereira

Analista de Campo

Marcelo Bispo Nunes Filho e Juscelino Sousa Santos.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Coluna Na Marca do Pênalti desta segunda...

Imperatriz - Confira os tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", desta segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019, do "Jornal Correio", escrita pelo radialista Carloto Júnior.
Radialista Carloto Júnior.

Coluna na Marca do Pênalti
25 de fevereiro de 2019

O destino!
Esse é um tema bastante discutido: o destino! Muitas pessoas acreditam outras não. Pois bem. Na nossa última Coluna, no nosso primeiro destaque colocamos “O Melhor”, em destaque ao árbitro imperatrizense Ranilton Oliveira, que vem se destacando no cenário estadual e até do Nordeste. De repente, no clássico de sábado, entre Sampaio x Maranhão, o conhecido “Samará”, Ranilton vacilou e acabou sendo afastado, mesmo que temporariamente, dos jogos do Campeonato Maranhense. Pelo que assistir, nos vídeos postados nas redes sociais, cheguei a conclusão que ele errou em, apenas, um gol, o do Maranhão, onde a bola ultrapassou a linha do gol. Pelo que vi, percebi que Ranilton Oliveira apontou para o meio de campo, validando o tento. Os jogadores do Sampaio correram em cima da assistente, a nossa Adriana Oliveira. Não dá para cravar o que ela falou, o certo é que o gol foi invalidado. Imagino que ela deva ter informado ao árbitro que não foi gol  ele voltou atrás, até porque o lance é do assistente. Ou seja, errou por conta da sua assistente. Já no gol do Sampaio, bicicleta de Maxuel Samurai, eu, também, anularia o lance, já que houve jogada perigosa. Por mais que o lance tenha sido bonito, plástico, como todo gol de bicicleta, o pé do atacante tricolor passou muito próximo da cabeça do defensor do MAC. O problema todo foi a demora da arbitragem em decidir o lance.

Independente...
...da arbitragem, o Maranhão conseguiu uma vitória importante para suas pretensões em relação a classificação para às semifinais. Com a vitória por 1 x 0, o MAC assumiu a vice-liderança, com 9 pontos, um a mais que o Imperatriz e dois à frente de Sampaio, Pinheiro e São José, todos com 7 pontos. O maior problema do MAC é que ele tem, apenas, um jogo a realizar, que será contra o Moto, na última rodada. Cavalo de Aço, Sampaio, Pinheiro e São José, ainda, têm dois jogos a realizarem. Ou seja, o MAC vai ter que vencer o Moto para não ficar dependendo de outros resultados. O Moto Club, com 15 pontos, garantiu a primeira colocação e a vantagem nas semifinais. Ainda enfrenta o São José, nesta terça e finaliza com o Maranhão. O MAC, repito, tem só esse jogo com o Moto; O Imperatriz tem Cordino, em Barra do Corda (na quinta) e o São José, no Frei Epifânio; o Sampaio tem o Santa Quitéria e Pinheiro, ambos fora de casa; o Pinheiro tem Santa Quitéria e Sampaio, ambos em casa; o Peixe Pedra tem o Moto, em casa, e o Imperatriz, fora.

Pelo andar...
...da carruagem, a última rodada da 1ª fase, do Campeonato Maranhense, deve acontecer no dia 17 de março (domingo). Quem acompanha a Coluna, lembra que falei que a Federação Maranhense de Futebol (FMF) ia ter dificuldades para marcar a data da última rodada. Primeiro porque todos os 4 jogos têm que ser no mesmo dia e mesmo horário para que nenhum clube seja beneficiado. Como Sampaio e Moto têm jogos na Copa do Nordeste, os outros clubes vão ter que esperar o dia 17 para realizarem os jogos da última rodada. Coisas do futebol maranhense.

A semana do...
...jogo com o Cordino começou para o Cavalo de Aço. Chegando a 12 dias sem jogar, o Imperatriz começou a semana, onde o treinador Ruy Scarpino vai montar o time para o penúltimo jogo da 1ª fase do estadual. Com a vitória do Maranhão sobre o Sampaio, o Imperatriz caiu da 2ª para a 3ª colocação com 8 pontos. Se manteve à frente de Sampaio, Pinheiro (que perderam na rodada anterior) e São José (que venceu o Pinheiro), todos com 7 pontos. Se o Cavalo de Aço vencer seus dois jogos restantes (Cordino e São José), termina na 2ª colocação e com a vantagem nos jogos das semifinais. Uma vitória pode classificar o Imperatriz, mas vai torcer para que não dê empate no jogo entre Pinheiro x Sampaio, na última rodada. Em síntese, o Cavalo de Aço só fica fora das semifinais se for muito incompetente. O bom mesmo é vencer os dois jogos para terminar em 2º e ter a vantagem na semifinal.

Flamengo acerta a venda de Henrique Dourado para a China

Henrique Dourado com a camisa rubro negra.
(Foto: André Durão)
Rio - Negociado pelo Flamengo,  o atacante Henrique Dourado embarcou na tarde desta segunda-feira (25) para a China. O atacante chegou ao aeroporto internacional do Rio de Janeiro por volta de 14h30. As negociações avançaram durante a madrugada, e o jogador realizou exames pela manhã. O Henan Jianye, clube de destino, enviou as passagens para a ida do atacante, que vai assinar contrato de dois anos.

Dourado falou sobre a negociação. – “Foi tudo muito rápido. Questão de dois dias, um dia e meio, quando chegou a proposta para o Flamengo. Eu estava relacionado para o jogo, e resolvemos depois da partida. O Flamengo aceitou, foi uma decisão conjunta com a família. Foi uma surpresa também para mim, mas foi bom para os dois lados. Saio muito grato, sei que deixo muitos amigos. Cada um deles vai fazer parte da minha história” – disse Dourado, emocionado.
Henrique Dourado no aeroporto, embarcando para a China.
(Foto: Fred Huber.)
O Flamengo já não conta mais com o Henrique, que foi vendido por R$ 18 a 20 milhões de reais. O Flamengo pagou mais ou menos 15 milhões quando o comprou do Fluminense. A previsão é que Dourado estreie no próximo domingo, dependendo de documentação.

Henrique Dourado disputou 46 jogos pelo Flamengo e marcou 15 gols. Ele foi o artilheiro do time na temporada passada, ao lado de Paquetá. Nesse ano, marcou dois gols. Um dele de bicicleta, no empate com o Resende.

Fonte: Globo.com

CEAF suspende árbitros e assistentes por lances duvidosos

Imagem mostra que bola ultrapassou a linha do gol.
(Foto: TV Mirante)
São Luís - A Comissão Estadual de Arbitragem do Maranhão (CEAF) anunciou o afastamento de um árbitro e três assistentes após os jogos do último sábado, pelo Campeonato Maranhense. O árbitro Ranilton Oliveira e a assistente Adriana Oliveira, que atuaram no clássico Samará, o auxiliar Antônio Adriano, que estava no jogo Cordino x Moto e Raphael Max, que estava no jogo São José x Pinheiro estão afastados temporariamente..

Ranilton e Adriana
Os gols anulados de maior polêmica foram no jogo Sampaio 0 x 1 Maranhão, no Castelão. O primeiro gol anulado foi de Maxuell Samurai, que acertou uma bicicleta, inicialmente validada e após muita reclamação dos jogadores do MAC, o gol foi invalidado. O segundo lance foi um gol do MAC, de Maurício, que cabeceou e o goleiro Rodrigo Santos, salvou dentro do gol. Ranilton Oliveira chegou a apontar para o meio campo, mas após reclamação dos jogadores tricolores com a assistente Adriana Oliveira, ele voltou atrás e anulou a jogada.

Antonio Adriano
Em Barra do Corda, o Cordino reclama de um gol anulado de Mamede após cobrança de falta. Na ocasião, Antônio Adriano assinalou impedimento do zagueiro, o que gerou muita reclamação dos jogadores da Onça de Barra do Corda.

Todos os lances serão analisados pela CEAF, mas os profissionais estão suspensos temporariamente. Após a análise, os lances que forem considerados corretos, os profissionais responsáveis pelos jogos retornarão normalmente às escalas de arbitragem.

Fonte: GE Maranhão.

São José vence o Pinheiro em virada espetacular

São José 4 x 3 Pinheiro, 5ª rodada do Maranhense.
(Foto: Mulherada do Futebol)
Rosário - O São José, de Ribamar, conseguiu uma virada surpreendente para cima do Pinheiro, vencendo a partida de sábado (23), por 4 a 3, no Serejão, em Rosário, jogo realizado pela 5ª rodada, do Campeonato Maranhense. O Pinheiro terminou o primeiro tempo vencendo por 3 a 1.

Gols
Os gols do São José foram marcados por Gabriel Popó, Jô, Rone (de pênalti) e Rodrigo Barreto. O Pinheiro marcou com Heider, Vinícius Paquetá e Cloves Neto.

Classificação
Com o resultado, o Pinheiro perdeu a chance de assumir a vice-liderança. O time segue com 7 pontos e na 5ª colocação, portanto fora da zona de classificação. O São José é o 6º, também com 7 pontos, e agora na briga pela classificação.

Próximos confrontos
O São José joga contra o Moto Club, nesta terça-feira (26), no Castelão e fecha contra o Imperatriz, no Frei Epifânio. O Pinheiro tem dois jogos, ambos em casa: contra o Santa Quitéria, dia 11 de março, e o Sampaio na última rodada, em data a ser confirmada pela FMF.

Fonte: GE Maranhão.

Em jogo com gols anulados, MAC vence o Sampaio, no Castelão

Jogadores do MAC comemoram gol da vitória sobre o Sampaio.
(Foto: Afono Diniz)
São Luís - Com dois erros de arbitragem, o Maranhão Atlético Clube (MAC) venceu o Sampaio Corrêa, por 1 a 0, no último domingo, no estádio Castelão, e agora está de volta a zona de classificação para a semifinal do Campeonato Maranhense. Em jogo da 6ª rodada, o gol foi marcado por Marciano, que com quatro gols disputa a artilharia da competição. Pelo Sampaio, a pressão só aumenta em uma crise pela qual passa o time. O público do jogo foi de 733 torcedores, sendo 609 pagantes para uma renda bruta de R$ 6.065 reais.

1º tempo
Embaixo de muita chuva, as duas equipes sentiram dificuldades na criação de jogadas e arriscavam chutes de fora da aera. Aos 17 minutos o primeiro lance polêmico. Após cruzamento para a área do MAC, o atacante Maxuell Samurai acerta uma bicicleta sensacional, abrindo o placar para o Sampaio. O árbitro Ranilton Oliveira valida o gol, mas a assistente, Adriana Carvalho, ver jogada perigosa do 9 tricolor e o árbitro anula o gol. Aos 42 minutos, o Sampaio tem mais um gol anulado. Após chute forte de Patrick Mota, a bola bate na trave e na volta o zagueiro Odair Lucas empurra para o gol, mas em posição de impedimento. No fim da primeira etapa o Sampaio é castigado. O goleiro Rodrigo Santos erra ao tentar jogada com os pés, Bruno Chocolate recupera a bola e toca para Marciano, que sem goleiro, empurra para o fundo do gol, fazendo 1 x 0 para o MAC.

2º tempo
Na etapa final, o MAC se postou na defesa para explorar os contra-ataques. Aos 15 minutos, outro lance polêmico. Lateral Denilson cruza da direita, Mauricio cabeceia e o goleiro Rodrigo Santos faz a defesa, mas a bola ultrapassa a linha do gol. Ranilton Oliveira confirma o gol, mas volta atrás após consultar a assistente Adriana Carvalho. Final, MAC 1 x 0.

Classificação
Com o resultado, o Maranhão soma 9 pontos e assumiu a 2ª colocação. O Sampaio caiu para a 4ª posição, com 7, mesma pontuação do Pinheiro e do São José, mas ganha nos critérios de desempate.

Próximos jogos
O Sampaio volta a campo na quinta-feira (28), contra o Santa Quitéria, em São Mateus. Depois deste jogo, o time ainda tem a partida contra o Pinheiro, na última rodada, com data a ser marcada. O Maranhão só tem mais um jogo, que será contra o Moto, em data a ser confirmada pela FMF.

Confira os melhores momentos de Sampaio 0 x 1 Maranhão.

sábado, 23 de fevereiro de 2019

Botafogo e Vasco fazem clássico carioca deste sábado

Nilton Santos, palco de Botafogo x Vasco.
(Foto: André Durão).
Rio - O clássico deste sábado no Nilton Santos vai colocar frente a frente duas equipes em boa fase no futebol carioca. De um lado, o Botafogo, que vem de quatro vitórias seguidas sem sofrer gol com direito a goleada por 3 a 0 sobre o Defensa y Justicia, na Argentina, pela Copa Sul-Americana. Do outro, o Vasco, atual campeão da Taça Guanabara e ainda invicto na temporada 2019. A bola rola às 19h30 (de Brasília) para a primeira rodada da Taça Rio.

Transmissão
Premiere, Premiere Play e PFCI (com Gustavo Villani e Raphael Rezende).

Botafogo 
Exatos 20 dias se passaram desde a última partida do Botafogo no Campeonato Carioca. E o Alvinegro volta a campo pela competição com ânimo renovado. Passada a eliminação na Taça Guanabara, a equipe do técnico Zé Ricardo emendou duas classificações em sequência, tanto na Copa do Brasil quanto na Sul-Americana. Essa última com direito a vitória incontestável sobre o Defensa y Justicia, na Argentina, por 3 a 0. Para o jogo contra o Vasco, o Botafogo realizou apenas um treino no Rio na última sexta-feira. A tendência é que o desgaste da viagem leve o técnico Zé Ricardo a poupar quatro titulares: Jonathan, Alex Santana, Kieza e Pimpão.

Vasco
Apesar de ter entrado em campo na quarta-feira, em Cariacica, pela Copa do Brasil, o Cruz-Maltino não deve poupar seus principais jogadores do clássico contra o Botafogo. Bruno César, por exemplo, será titular. Alberto Valentim quer levar a campo todo mundo que estiver bem fisicamente. Depois do clássico, o Vasco joga novamente só no próximo dia 2 (sábado), também pela Taça Rio, e terá uma semana inteira para treinar. Por isso, não deve ter time reserva diante do Botafogo, no Nilton Santos.

Ficha Técnica
Jogo – Botafogo x Vasco (Taça Rio – 1ª Rodada)
Local – Nilton Santos (Rio de Janeiro-RJ)
Horário – 19h30 (Brasília)
Árbitro – Grazianni Maciel Rocha
Ass. 1. – Jackson Lourenço Massara dos Santos
Ass. 2. – Wagner de Almeida Santos.

Botafogo
Gatito Fernandez; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Gilson; Jean, Alan Santos, Rickson e Valência; Erik e Luiz Fernando.
Técnico: Zé Ricardo.

Vasco
Fernando Miguel; Raul Cárceres, Werley, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro e Bruno César; Yago Pikachu, Max López e Rossi.
Técnico: Alberto Valentim.

Fonte: Globo.com

Palmeiras e Santos coloca frente a frente escolas diferentes

Duelo entre Felipão e Sampaoli.
(Foto: Divulgação) 
São Paulo - Palmeiras e Santos fazem o clássico da 8ª rodada do Campeonato Paulista neste sábado, às 19h (de Brasília), na arena palmeirense, em São Paulo. O duelo opõe duas das melhores campanhas do estadual. 

O Santos, do técnico Jorge Sampaoli, tem 18 pontos, com seis vitórias e uma derrota. O Palmeiras, de Luiz Felipe Scolari, soma 14 pontos, sendo quatro vitórias, dois empates e uma derrota. Ambos lideram seus grupos A e B, respectivamente, e estão muito próximos de classificação para as quartas de final.

Transmissão
O jogo terá transmissão exclusiva no Premiere para todo o Brasil, com narração de Milton Leite e comentários de Ricardinho e Maurício Noriega.

Ainda à procura de uma atuação mais convincente em 2019, Felipão trabalhou com portões fechados durante toda a semana. Nas entrevistas coletivas, Victor Luis e Bruno Henrique pregaram respeito ao adversário, mas ressaltaram a importância de uma boa atuação diante dos torcedores. Sampaoli pode escalar um time com reservas no clássico, preocupado com a decisão da primeira fase da Copa Sul-Americana: recebe o River Plate-URU, terça-feira, no Pacaembu – o jogo de ida, há duas semanas, terminou sem gols.

Palmeiras 
Os desfalques no setor ofensivo limitam Felipão a fazer mudanças importantes no time titular. A maior dúvida do Verdão é sobre a participação de Ricardo Goulart. Além de poder exercer funções diferentes no setor ofensivo palmeirense, o meia-atacante pode começar jogando ou ficar como opção no banco de reservas.

Santos
Preocupado com a partida decisiva contra o River Plate do Uruguai, na próxima terça-feira, pela Copa Sul-Americana, Sampaoli deve levar a campo um time misto neste sábado. O treinador pode poupar Jean Mota, Carlos Sánchez e Victor Ferraz no clássico, além de utilizar Rodrygo como titular pela primeira vez. Com Alison suspenso, Yuri provavelmente fará a dupla de volantes ao lado do recém-chegado Jean Lucas.

Ficha Técnica
Jogo – Palmeiras x Santos (1ª Fase – 8ª Rodada)
Local – Allianz Parque (São Paulo-SP)
Horário – 19h30 (Brasília)
Árbitro – Flavio Rodrigues de Souza
Ass. 1. – Alex Ang Ribeiro
Ass. 2. – Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo.

Palmeiras
Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gomez e Diego Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima; Carlos Eduardo, Borja e Dudu.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Santos
Vanderlei; Matheus Ribeiro, Aguilar, Gustavo Henrique e Copete; Yuri, Diego Pituca, Cueva e Jean Luca; Rodrygo e Derlis Gonzáles.
Técnico: Jorge Sampaoli.

Fonte: Globo.com

Sampaio e Maranhão fazem o clássico deste sábado, no Maranhense

Foto: Divulgação.
São Luís - Na tarde deste sábado (23), Sampaio e Maranhão entram em campo pressionados para conseguir uma reabilitação na temporada. A bola rola às 16h no Castelão, com o Tricolor tentando reencontrar o caminho das vitórias, enquanto o Quadricolor quer manter viva a chance de classificação para a semifinal.

Sampaio
Sob o comando do técnico Julinho Camargo, que fará seu segundo jogo à frente da equipe, o Sampaio tenta encerrar a série de cinco jogos sem vitória na temporada. O último triunfo do time foi há um mês, quando venceu o Cordino por 2 a 0 no dia 23 de fevereiro. Apesar do jejum de vitórias, o Tubarão ocupa a terceira colocação com sete pontos, junto com o Pinheiro. Para o confronto diante do MAC, o Sampaio deverá repetir a escalação utilizada diante do Moto. A equipe pode contar com Rodrigo Santos; Talisson, Wanderson, Rafael e Lucas Gabriel; Dedé, Patrick Mota, Eloir e Medina; Edgar e Maxuel.

Maranhão
O MAC, do técnico Sandow Feques, entra em campo pressionado para vencer um confronto direto por uma vaga no G-4. Com a derrota diante do Imperatriz, o time atleticano deixou a zona de classificação e se vê em risco de eliminação caso não pontue no clássico. O volante William é a única baixa, suspenso, com três cartões amarelos. Rodrigo ganha a vaga no time, que deve ser escalado com Rodrigo Ramos; Denilson, Anderson Alagoano, Lucas e André Radija; Rodrigo Santos, Jefferson Abreu e Deylon; Marciano, Cleber Pereira (Felipe) e Bruno Chocolate.

Arbitragem
O Samará será dirigido pelo imperatrizense Ranilton Oliveira de Sousa. Ele será assistido por Edna Cristina Santos Ferreira (São Luís) e Adriana Oliveira Carvalho (Imperatriz). Vivian Silva Pereira (Açailândia) e Ana Érica  Carvalho Nascimento (Imperatriz) serão 4ª e 5ª árbitra, respectivamente.

Fonte: GE Maranhão.

Cordino recebe o Moto em busca do seu primeiro ponto no estadual

Estádio Leandrão, em Barra do Corda.
(Foto: Divulgação)
Barra do Corda - O Moto Club de São Luís busca a quinta vitória consecutiva no Campeonato Maranhense, enquanto o Cordino quer os seus primeiros pontos na competição. O cenário é este na partida deste sábado (23), às 15h30, no estádio Leandrão, em Barra do Corda.

O estádio foi liberado para o torcedor, na sexta-feira, com um documento do Corpo de Bombeiros atestando o Leandrão como capaz de receber público.

Cordino
Para o jogo, o Cordino tenta administrar problemas no time e também questões financeiras no clube. O treinador Marlon Cutrim, definiu o time com Laerte; Carlos, Leomar, Matheus e Luis Jorge; Gualberto, Fabinho, Júnior Masset e Vitor Palito; Rogerinho e Toquinho.

Moto
O Moto Club, do treinador Wallace Lemos, deve poupar os titulares Diego Renan, Alisson, Lucas Hulk, Juninho Arcanjo, Evandro Russo e Márcio Diogo. O provável time deve formar com Rodolfo; Gleisinho, Lucas Dias, Eduardo e Matheus Mendes; Naílson, Vitor Salvador e Ygor; Léo Paraíba, Danilo Galvão e Pedro Dias.

Arbitragem
A arbitragem para o jogo será de José Henrique de Azevedo Júnior, com os assistentes Carlos André da Silva e Antônio Adriano de Oliveira.

Fonte: GE Maranhão.

VAR será usado no Campeonato Brasileiro deste ano

Árbitro consultando o VAR. 
(Foto: Divulgação)
Rio - A utilização do VAR em todos os jogos é a grande novidade do Campeonato Brasileiro de 2019. Até o momento, o árbitro de vídeo já foi utilizado em 21 partidas no país. Um levantamento sobre a atuação do VAR aponta que, em jogos que envolvem times brasileiros, o juiz foi 15 vezes até a beira do gramado para checar possíveis erros. Destas, em apenas três a decisão de campo foi mantida.

Para o ex-árbitro Leonardo Gaciba essa alta incidência de mudança é o normal, pois os juízes são acionados pelo VAR para lances capitais, com possíveis erros de campo. – “Vamos levar em conta que ele (juiz) está indo lá olhar o erro dele. Se não for algo errado, o VAR não chamaria. Ou ele aceita que errou ou mantém a decisão. A probabilidade de alterar a decisão é maior” – ressaltou o comentarista de arbitragem do Grupo Globo.

Para Gaciba, os erros factuais irão acabar, mas as polêmicas em lances interpretativos vão continuar. – “As decisões factuais têm 100% de aproveitamento. Até porque é uma máquina, não é o ser humano que faz isso, que é questão de impedimento, se foi infração dentro ou fora da área, erro de identificação. Isso é 100% preciso. Agora, os lances interpretativos (bola bateu na mão, foi pênalti, não foi) vão continuar. Algumas pessoas vão achar uma coisa ou outra. De forma geral, a implementação do VAR vai ser positiva, vem pra somar” – completou o ex-árbitro.

Paulo César de Oliveira, também comentarista do Grupo Globo, ressaltou que essa preocupação com a implementação da tecnologia vai poder proporcionar um espetáculo melhor e um nível maior de arbitragem. Ele, porém, fez ressalvas. – “O VAR não vai resolver todos os problemas. Acho que é uma ferramenta importante, mas não vai eliminar 100% o erro. Os árbitros precisam se preparar bastante porque é uma mudança com um impacto muito grande na forma de se apitar futebol. Principalmente os árbitros mais antigos precisam se adequar a essa realidade. A utilização até aqui foi boa, mas ainda requer muito treinamento” – destacou o ex-árbitro.

PC Oliveira entende que deve haver um foco na parte psicológica dos árbitros também, além da capacitação técnica. Ele entende que o árbitro deve continuar com a autoridade do jogo e não pode depender do árbitro de vídeo para tomar as decisões corretas em campo. Além disso, PC projetou a adaptação à tecnologia nas primeiras 10 rodadas de campeonato. Porém, ele destaca que é necessário que o resultado seja visto com rapidez para justificar o investimento. A CBF vai arcar com os valores referentes à tecnologia e à infraestrutura e os clubes vão ficar responsáveis pelas despesas de pessoal dos profissionais que vão operar a ferramenta. Cada time tem um custo estimado de R$ 350 mil para ter o árbitro de vídeo em todos os 19 jogos como mandante no campeonato.

Como funciona o VAR
A participação do VAR se resume em quatro situações:
Gols
Pênaltis
Cartão vermelho direto
Erro de identificação de jogadores na aplicação de cartões,

Fonte: Globo.com

Sedel adia data do Fórum dos Jogos Escolares de Imperatriz

Foto: Divulgação.
Imperatriz - O Fórum dos Jogos Escolares Imperatrizenses (JEIs) 2019, organizado pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Juventude (Sedel), tem nova data. Agora será realizado dia 20 de março, com início previsto para às 8h, no auditório da Universidade Aberta do Brasil, UAB, localizado na Rua Dom Pedro II, Praça União, área central de Imperatriz. 

A primeira data seria no dia 28 deste mês, porém em razão da reunião prevista para a mesma data, a comissão organizadora do JEIs, foi decidido alterar para outro momento a realização do evento que organiza democraticamente os Jogos Escolares em Imperatriz. A decisão foi tomada para que os professores de Educação Física das escolas municipais, possam participar da formação de planejamento e estudo do novo Currículo do Território Maranhense com tranquilidade e inteireza. – "Essa reunião, convocada pela Secretaria Municipal de Educação, Semed, acontecerá em dois turnos, sendo pela manhã de 8h30 às 11h e a tarde, de 14h30 às 17h. Por isso, foi necessário o adiamento do fórum, em função da importância do evento educativo”, destacou Patrick Medrado, diretor dos JEIs 2019.

Nesse mesmo dia em São Luis, será realizada a reunião da Sedel Maranhão, com todos os secretários de esporte dos municípios que vão disputar os Jogos Escolares Maranhenses (JEMs 2019).

No Fórum do dia 20 de março, estarão presentes professores de educação física de escolas municipais, estaduais, federais e particulares de Imperatriz. Na ocasião será disponibilizado o cronograma dos JEIs 2019, bem como será definida a data da abertura da competição, que esse ano, deverá acontecer no Centro de Convenções de Imperatriz. Nos últimos anos, a abertura foi realizada no Estádio Municipal Frei Epifânio.

A novidade dos XVIII  JEIs 2019, é a modalidade esportiva skate, que será disputada apenas como apresentação. “É uma forma de homenagear Rayssa Leal, a ‘Fadinha do Skate’, que está na Seleção Brasileira e com possibilidade de disputar as olimpíadas de Tóquio, em 2020. O skate, se tornou modalidade olímpica”, destacou Eudes Feitosa.

As modalidades esportivas que serão disputadas nos JEIs deste ano são: Futebol, Futsal, Beach Soccer, Voleibol, Basquetebol, Handebol e Queimada (coletivas), Atletismo, Badminton, Dama, Xadrez, Ciclismo, Capoeira, Jiu-Jitsu, Judô, Karatê, Natação, Taekwondo, Tênis de mesa, Tênis de quadra, Vôlei de areia, Peteca e Skate (individuais).

Texto: Assessoria.