Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Coluna Na Marca do Pênalti desta terça...

Imperatriz - Confira os tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", desta terça-feira, 11 de setembro de 2018, do "Jornal Correio", escrita pelo radialista Carloto Júnior.

Radialista Carloto Júnior.
Coluna Na Marca do Pênalti
11 de setembro de 2018


Mais um amistoso do Brasil
O título não poderia ser outro, já que jogar contra a Seleção de El Salvador não vai acrescentar em nada para a Seleção Brasileira. Nem mesmo para os jogadores que vão ganhar a primeira chance de começar jogando, casos de Eder Militão, Dedé, Arthur e Richarlison. O primeiro e os dois últimos foram convocados pela primeira vez para a Seleção. O jogo pode considerado igual ao que um time grande enfrenta um pequeno e o comentarista analisa assim: se ganhar, não fez mais que a obrigação; se perder é um Deus nos acuda. Até mesmo para os jogadores que estão ganhando a chance de jogar pela primeira vez, não vai servir muito. Uma coisa é jogar contra uma equipe mais qualificada, onde você vai poder ter uma noção melhor sobre o desempenho dos jogadores. Jogar contra El Salvador não vai ser parâmetro para nada. Golear passa a ser obrigação.

Nada mudou...
...nas primeiras posições da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série A. As quatro primeiras equipes venceram seus jogos e mantiveram as mesmas posições. Havia grande expectativa quantos aos clássicos entre Inter x Grêmio e Palmeiras x Corinthians que, dependendo dos resultados, poderiam mudar a classificação. Só que os mandantes (Inter e Palmeiras) venceram. O São Paulo, também, venceu (1 x 0 sobre o Bahia). O mesmo aconteceu com o Flamengo, que após três jogos sem vitórias, derrotou a Chapecoense, por 2 x 0. Grêmio e Cruzeiro, equipes que compõem o G-6 (vagas para a Libertadores) tropeçaram. O Grêmio perdeu o clássico para o Inter (1 x 0) e o Cruzeiro na saiu do zero com o Sport, em Recife. Em outro clássico estadual, o Fluminense venceu o Botafogo (1 x 0) e deixou a equipe da estrela solitária próxima da Zona de Rebaixamento. Quem está pior é o Vasco, que voltou a perder, desta feita para o Vitória, e é o primeiro time fora do Z-4. Tá feio para esses dois cariocas, que já visitaram a Série B

O Sampaio Corrêa...
...arrancou um heroico empate, em Campinas, diante da Ponte Preta (0 x 0), nas estreia do técnico, Marcinho Guerreiro. Se não fosse a situação preocupante que se encontra o Tricolor maranhense, o resultado de empate seria ótimo. Mesmo empatando, o time caiu para a lanterna da Série B, com 22 pontos, dois pontos atrás do Boa Esporte (19º), com 24 pontos. A primeira equipe fora do Z-4 é o Paysandu, com 29 pontos, ou seja, 7 pontos de diferença. Para piorar a situação do Sampaio, o próximo adversário, sexta-feira (14), é o líder Fortaleza. Mesmo o jogo sendo em São Luís, o técnico Marcinho Guerreiro tem problemas, já que não vai contar com o miolo de zaga titular e nem o reserva. Se não vencer, só um milagre salva o Sampaio do rebaixamento.

Muitas pessoas perguntando...
...sobre a ida do Marcinho Guerreiro para o Sampaio, já que a informação erra que ele havia renovado contra com o Imperatriz para 2019. A Coluna entrou em contato com o presidente do Cavalo de Aço, e ele informou que o acerto foi feito de palavra, sem nenhum documento assinado. Perguntei, então porque ele não foi para o Timon? A resposta é que foi mostrado a ele que, após ser campeão estadual pelo Moto e conquistar o acesso para a Série C com o Imperatriz, seria regredir profissionalmente dirigir uma equipe da Segunda Divisão do maranhense. Acabou sendo premiado com uma proposta para dirigir o Sampaio, na Série B. fica claro que, mesmo não salvando o Sampaio, mas realizando um bom trabalho, Marcinho tem tudo para iniciar 2019 no Tubarão. Vida que segue!

Nenhum comentário:

Postar um comentário