Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Coluna Na Marca do Pênalti desta quinta-feira...

Imperatriz - Confira os tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", desta quinta-feira, 27 de setembro de 2018, do "Jornal Correio", escrita pelo radialista Carloto Júnior.
Radialista Carloto Júnior.

Coluna Na Marca do Pênalti
27 de setembro de 2018


Sem surpresas!
As classificações de Corinthians e Cruzeiro para a final da Copa do Brasil não causou surpresa, principalmente após os resultados dos jogos de ida. Com a bola rolando foi confirmado o que já se imaginava. No jogo Corinthians e Flamengo, a vontade de vencer do time paulista falou mais alto, diante de um Flamengo sem intensidade. Tecnicamente o time carioca é superior, até por conta do investimento, só que dentro de campo a história foi bem diferente. O Corinthians mostrou mais vontade, disposição a partir do momento que a bola rolou. O Timão voltou a ser aquele time pragmático do ano passado, quando conquistou o Brasileiro. Forte na defesa, apesar do gol contra marcado pelo zagueiro Henrique, e cirúrgico no ataque. O Corinthians teve poucas chances d gols, mas soube aproveitar as duas oportunidades para fazer os dois gols, na vitória por 2 x 1. O primeiro gol, o lateral esquerdo Danilo Avelar aproveitou um lançamento de Jadson da direita para a esquerda e abriu o placar. O gol de empate do Flamengo foi um pouco parecido, com Arão fazendo bom passe para Pará. Ele cruzou a meia altura e Henrique fez contra na tentativa de tirar a bola Quando tudo parecia que a  vaga ia ser decidida nos pênaltis, Pedrinho, que acabara de entrar, fez o gol da classificação em sua primeira finalização. Na outra semifinal, o Cruzeiro administrou a vitória do primeiro jogo (1 x 0), em São Paulo. Saiu na frente, mas levou o empate no início da segunda etapa. Suportou a pressão palmeirense e no final comemorou mais uma classificação para a final da Copa do Brasil.

Mais um vexame...
...para a torcida do Flamengo, que viu o time eliminado em mais um competição. Este ano, sequer, o Rubro Negro está chegando na final, o que aconteceu no ano passado, onde disputou o título da Copa do Brasil (perdeu para o Cruzeiro) e da Sul Americana (com o título para o Independiente). Eliminado na fase de grupos das Libertadores, o Flamengo tinha a Copa do Brasil como uma aposta para conquistar o título. Só que o time mostrou, mais uma vez, a sua total falta de competência. No primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil, não conseguiu sair do zero, diante do Corinthians, que armou uma boa retranca. No jogo da volta, o time se mostrou incapaz, sem intensidade, onde os principais jogadores, mais uma vez, deixaram a desejar. Paquetá, Diego e Everton Ribeiro ficaram aquém do que a torcida espera. Na beira do campo, um técnico que já não consegue tirar algo mais dos jogadores. O time é o retrato da atua diretoria, que entende muito de finanças e quase nada de futebol. Para fechar o ano, só resta o Brasileiro, onde o time ocupa a 4ª colocação, estando 3 pontos do líder, São Paulo.

Cruzeiro e Palmeiras...
...fizeram um grande jogo, no Mineirão, onde o time mineiro se classificou com o empate em 1 x 1, já que havia vencido o primeiro jogo por 1 x 0, em São Paulo. Só que após o apito final, jogadores das duas equipes protagonizaram uma guerra campal, o que acabou manchando o jogo. Sinceramente não consegui identificar quem iniciou a confusão, o que é o menos relevante, levando em conta que se fala tanto em paz nos estádios de futebol. Como algum jogador pode pedir paz entre os torcedores se eles são incapazes de controlar os nervos quando são incitados, provocando brigas dentro de campo, como a de quarta-feira? Não interessa quem começou, até por que tem um ditado que diz: “quando um não quer, dois não brigam”.  O pior de tudo é ver alguns falarem, como o técnico Felipão, que domingo o jogo vai ser em São Paulo e eles vão ver. Se o comandante age assim, não se pode esperar nada de bom dos comandados. Palmeiras e Cruzeiro voltam a se enfrentar no próximo domingo, desta feira pelo Campeonato Brasileiro.

A Série B...
...do Maranhense começou com a realização de duas partidas na tarde de quarta-feira. Juventude e Chapadinha se deram bem na rodada, já que venceram Expressinho e Timon, respectivamente. O Juventude goleou o Expressinho por 6 x 0, o que nos leva a imaginar que o vencedor quer o título e o acesso para a Série A de 2019 e que o perdedor entrou apenas para participar, como sempre fez. Já o Chapadinha, que enfrentou problemas de regularização de jogadores, conseguiu derrotar o Timon por 3 x 1, na casa do adversário. A Série B prossegue no imi de semana prometendo esquentar a briga pelo título.

Nenhum comentário:

Postar um comentário