Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Coluna Na Marca do Pênalti desta terça...

Imperatriz - Confira alguns tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", edição desta terça-feira, 10 de janeiro de 2017, do Jornal "Correio Popular", escrita pelo radialista Carloto Júnior.

Na Marca do Pênalti
10 de janeiro de 2017

Imperatriz empatou...
...no seu primeiro amistoso do ano de 2017. O jogo foi realizado no último sábado (7), em João Lisboa, no estádio Tomezão e recebeu um bom público, que chegou a surpreender a todos. O jogo, como já era esperado, não foi um primor técnico. Com o gramado irregular e as duas equipes em início de temporada, até que aconteceram algumas jogadas de emoção. Mas muito aquém do que o Cavalo de Aço pode apresentar durante o Campeonato Maranhense. Com pouco tempo de treinamento, ficou evidente a falta de ritmo dos jogadores. Alguns deles abaixo da expectativa, casos dos atacantes de lados, Léo Paraíba e Júnior Lacraia. Com o esquema 4-3-3, onde os dois atacantes de lados são de extrema importância, os dois jogadores sentiram muito.

O Imperatriz...
...usou dois esquemas no amistoso do ultimo sábado, diante do Tocantinópolis. Iniciou o jogo no 4-3-3, com Róbson Simplício, Rômulo e Rúbens no meio campo, com Léo Paraíba, William Amorim e Júnior Lacraia no ataque. Durante o segundo tempo, o técnico Sinomar Naves modificou para o 4-4-2, com a entrada do meio campo Adauto no lugar de Léo Paraíba. Assim o meio campo ficou com Róbson Simplício, Rômulo, Rúbens e Adauto, na frente Júnior Lacraia e William Amorim. Pena que não foi por muito tempo, já que Rúbens se machucou e foi obrigado a ser substituído. O importante é que o time tenha variações de esquema e, se um não estiver dando resultado, o técnico possa usar o outro.

Análise
É difícil e até injusto analisar um time com apenas um jogo e um pouco mais de uma semana de treinamento, na sua maioria, físico. Sabemos que o time precisa e vai melhorara com o passar dos dias e com os treinamentos. Dos jogadores que atuaram, gostei do goleiro Rodrigo Ramos, sempre seguro e demonstrado liderança; do lateral direito João Ricardo, muita força ofensiva; Aélson começou bem, mas se machucou, ainda, no 1º tempo, dando lugar a Bruno Limão, que mesmo improvisado, foi bem; Rúbens com sua categoria de sempre e o atacante William Amorim, que teve duas chances e quase marcou. Dos que entraram quem mais me chamou a atenção foi o meio campo, Adauto. Mostrou ser habilidoso com a perna esquerda e só era parado com faltas. Bruno Limão, também, foi bem. Os outros precisam melhorar bastante. 

A diretoria...
...do Imperatriz já acertou outro amistoso, com o mesmo Tocantinópolis, no próximo sábado, na casa do adversário. É mais uma chance para o Cavalo de Aço quebrar o tabu de nunca ter vencido o TEC. Aélson e Rúbens, que saíram machucados, preocupam e vão passar por avaliação médica. O Imperatriz formou com Rodrigo Ramos; João Rodrigo, Marcos Arthur, André e Aélson (Bruno Limão); Róbson Simplício, Rômulo e Rúbens (Denis Maranhão); Léo Paraíba (Adauto), William Amorim (Lucas) e Júnior Lacraia (Romarinho). Para minha surpresa, o meio campo Macleison, sequer ficou no banco. O motivo não foi passado a imprensa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário