Rádio MDB Brasil Nacionais

quarta-feira, 21 de março de 2018

Coluna Na Marca do Pênalti desta quarta;;;

Imperatriz - Confira alguns tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", edição desta quarta-feira, 21 de março de 2018, do Jornal "Correio de Imperatriz", escrita pelo radialista Carloto Júnior.
Radialista Carloto Júnior.
Coluna Na Marca do Pênalti
21 de março de 2018

Dois grandes clássicos...
...estaduais movimentam a noite desta quarta-feira (21), no futebol brasileiro. No Rio de Janeiro, Vasco e Botafogo voltam a se enfrentar, agora pelas semifinais do 2º turno do Campeonato Carioca, conhecido, também, como Taça Rio. O Vasco tem a vantagem do empate, já que foi o primeiro do seu grupo, enquanto o Botafogo terminou como segundo no seu. O classificado decide a Taça Rio com o classificado de Fluminense e Flamengo, que jogam na quinta-feira. No Rio Grande do Sul, Internacional e Grêmio definem uma vaga para às semifinais do Campeonato Gaúcho. No primeiro jogo, o Tricolor venceu o Colorado por 3 x 0, na Arena do Grêmio e abriu uma grande vantagem. Para ficar com a vaga, o Inter precisa vencer por diferença de 3 gols, no mínimo. O jogo acontece no Beira Rio. Mesmo assim, acho que o Grêmio já levou essa.

O ano parece não...
...muito positivo para o Moto Club. O clube elegeu um novo presidente para começar o ano, mas em seguida esse presidente pediu licença/afastamento, já que não conseguia resolver os problemas financeiros. Em seguida perdeu dois jogadores titulares por conta de salários atrasados e teve que liberá-los já que receberam propostas interessantes. Se não bastasse, antes do clássico com o Maranhão (Maremoto), na última rodada da primeira fase, os jogadores ficaram 4 dias sem treinar, com objetivo de pressionar a diretoria para resolver as pendências salariais. Mesmo assim, conseguiu se classificar em 1º lugar, sendo o único time invicto, até o momento, no estadual. No primeiro jogo da semifinal, contra o mesmo MAC, o placar terminou em 0 x 0, com o Moto mantendo a vantagem de jogar por um novo empate para chegar à final do estadual. Mas, para este segundo jogo, já perdeu o lateral direito, Diego Renan, suspenso pelo 3º cartão amarelo, e perdeu, também, o meio campo, Doda, que chegou a desmaiar duas vezes (uma durante o treino e outro no percurso para a UPA). Se o Moto for campeão, os jogadores merecem mais que um simples troféu, por tudo que estão passando.

Existe uma preocupação...
...no Imperatriz no sentido de não deixar o grupo se levar pelo “já ganhou”, antes do jogo com o São José, no sábado, às 19h30, no Frei Epifânio. O time precisa de um empate para chegar à final do estadual, além de garantir vaga na Copa do Brasil e Brasileiro da Série D de 2019. A preocupação é válida, até porque o time viveu esta mesma experiência no ano passado e todos sabem o que aconteceu. Por isso, o trabalho dos pés no chão e o respeito pelo São José estão sendo colocados em prática desde a definição do adversário nas semifinais. Que continuem assim e deixem para comemorar, se for o caso, após o apito final. 

Não tenho dúvida...
...que o jogo de sábado vai ter um grande público no estádio Frei Epifânio. O jogo é decisivo para o Novo Cavalo de Aço. Vale a vaga para a final do Campeonato Maranhense, como vale, também, um calendário cheio no próximo ano com as competições da CBF (Copa do Brasil e Série D). Também, não tenho dúvida, que muita gente vai querer cortesias para ir ao jogo, inclusive pessoas que têm condições de pagar ingresso, que deve ter o preço mantido (R$ 20 e 30 reais). Pelo amor de Deus, o time já não tem tanto apoio e quando chega a uma final, que é o momento de fazer uma boa renda, para amenizar as despesas acumuladas, aparecem os “pedintes” de cortesias. Já que não ajudam diretamente (com patrocínios), pelo menos ajudem comprando o seu ingresso. E você empresário, você que patrocina o clube, abra mão das cortesias e compre, não só o seu ingresso, mas para seus funcionários. Para termos um grande time, a diretoria precisa de ajuda, precisa que você faça o mínimo, que é comprando o seu ingresso. Fica a dica para aos “pedintes” de cortesias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário