Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Coluna Na Marca do Pênalti desta terça...

Imperatriz - Confira alguns tópicos da Coluna, "Na Marca do Pênalti", edição desta terça-feira, 06 de dezembro de 2016, do Jornal "Correio Popular", escrita pelo radialista Carloto Júnior.
Radialista Carloto Júnior.

Na Marca do Pênalti
06 de dezembro de 2016


Com justiça...
...a Conmebol confirmou a Chapecoense como campeã Sul-Americana de 2016. O time catarinense disputaria a final do torneio continental com o Atlético Nacional, da Colômbia, mas o acidente aéreo da última terça impediu a realização do confronto. Em decorrência do título, a Chape conquista vaga na fase de grupos da Libertadores de 2017 e arrecada prêmio de 2 milhões de dólares (aproximadamente R$ 7 mi). Também se classifica para a disputa da próxima Recopa Sul-Americana, na qual enfrentará justamente o Atlético Nacional. No texto, a Conmebol afirma que o pedido feito pelo Atlético Nacional foi decisivo. Já na terça, poucas horas após o acidente, o próprio Atlético Nacional sugeriu tal desfecho: em carta, pediu para que o clube brasileiro fosse considerado campeão. A Conmebol também informou que entregará o prêmio "Centenário Conmebol de Fair Play", que vale um milhão de dólares (aproximadamente R$ 3,5 mi), ao Atlético Nacional. A final da Sul-Americana seria a primeira decisão internacional da história da Chapecoense. Na próxima temporada, a equipe estreará em Libertadores.

O corpo...
...do atacante Ananias, um dos 71 mortos no acidente com o avião que levava a delegação da Chapecoense para a final da Copa Sul-americana, na Colômbia, foi velado na tarde do último domingo no cemitério Jardim da Saudade, em Salvador. Natural de São Luis, o jogador foi revelado pelo Bahia e passou parte da adolescência e vida adulta na capital baiana, onde tinha residência. A cerimônia contou com a presença de torcedores, familiares, dirigentes, ex-jogadores, amigos e colegas de profissão do atacante. No caixão, as camisas do Bahia e da Chapecoense foram posicionadas lado a lado, abaixo de uma placa em homenagem ao jogador. O presidente do Bahia, Marcelo Sant’Ana, representou o clube na cerimônia. Ele contou que o Tricolor está à disposição dos familiares do atacante para eventuais necessidades, e revelou que chegou a procurar os representantes de Ananias no início do ano para tentar a contratação do jogador. Além de Bahia e Chapecoense, Ananias defendeu Sport, Palmeiras, Cruzeiro e Portuguesa. O corpo do atacante, que tinha 27 anos e deixa esposa e um filho de cinco anos, foi cremado no cemitério Jardim da Saudade na segunda-feira, em cerimônia reservada para os familiares. 

A diretoria...
...do JV Lideral, de acordo com as informações colhidas pela Coluna, vai mesmo acionar o Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão (TJD-MA), para decidir sobre o classificado para a final do Campeonato Maranhense de Futebol Feminino 2016, competição promovida pela Federação Maranhense de Futebol. O JV está dentro do seu direito, já que está se sentindo prejudicado pela decisão tomada pela FMF de classificar o Boa Vontade, que perdeu o primeiro jogo por 5 x 2 e venceu o segundo por 1 x 0. Na verdade, o Regulamento foi mal feito, mesmo os dirigentes de clubes sendo os responsáveis por aprovarem. É um absurdo o que está escrito no Regulamento, onde as equipes de um determinado grupo (A), além de terem a vantagem de jogar a última partida em casa, ainda, jogam pelo empate e, o que é pior, sem que os gols dessas duas partidas sirvam como critério de desempate. O absurdo é maior, ainda, quando o 2º colocado deste Grupo A, também, tem a vantagem em relação ao 1º colocado do Grupo B. Não tenho certeza, mas parece-me que a FMF usou como desculpa o fato de as equipes do Grupo A, composto por 4 equipes, jogarem mais que as equipes do Grupo B que teve, apenas, duas. Coisas que só acontecem no futebol do Maranhão.
 
O Imperatriz...
...que abra o olho com relação ao Regulamento do Campeonato Maranhense de Futebol de 2017, para não ficar reclamando igual está o time feminino do JV Lideral. Não sei quem é o responsável no Cavalo de Aço para tratar sobre Regulamento e Tabela. Mas já posso adiantar da grande injustiça que tem no Regulamento nos jogos das semifinais, tanto no 1º como no 2º turno, onde será realizado, apenas, um jogo. Este jogo será na cidade da equipe 1ª colocada de cada grupo. Até aí, tudo bem. Mas o que é injusto é que, além de fazer o segundo jogo em casa, essa equipe, ainda, joga pelo empate. Ou seja, é melhor entregar logo a vaga na final. Quando as semifinais tinham dois jogos, era justo que o time de melhor campanha fizesse o segundo jogo em casa e jogasse por dois empates ou uma vitória e uma derrota com o mesmo saldo de gols. Sendo apenas um jogo, o time ter o direito de jogar a segunda partida no seu estádio e, ainda, jogar pelo empate, é muita vantagem. Que os dirigentes de clubes, sejam quais forem, atentem para este detalhe, para que quando chegarem as semifinais e seus clubes forem os segundos colocados, não comecem a reclamar. O justo é que o time de melhor índice técnico faça o segundo jogo em seu estádio, mas sem a vantagem do empate. Caso aconteça o empate, que a vaga na final dos turnos seja decidida nas penalidades máximas.

Vejam o que diz o Regulamento
Segunda Fase (Semifinal) 
Art. 10º
A Semifinal será disputada em sistema eliminatório, em partida única, jogando o 1º colocado da chave “A” versos o 2º colocado da chave “B” e o 2º colocado da chave “A” versos o 1º colocado da chave “B”, classificando-se para a Terceira Fase (Final) as Associações vencedoras desses confrontos. 
Art. 11º
Na disputa da fase Semifinal as Associações que obtiverem o melhor índice técnico, na soma dos pontos ganhos na Primeira Fase, realizarão as suas partidas na condição de mandantes, com a vantagem de jogar pelo empate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário