Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB

Rádio MDB 2

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Sampaio e Moto conhecem seus adversários na Copa do Nordeste.

João Pessoa - Uma Copa do Nordeste de 2017 para ninguém botar defeito e que já vai começar quente logo na primeira fase da competição. O sorteio dos grupos, realizado na noite desta terça-feira, (04) em João Pessoa, reservou uma fase de grupos que vai ter a reedição da última final e ainda clássicos pernambucano e alagoano.

O Grupo A é certamente o mais forte de todos. Vai ter o clássico pernambucano entre Santa Cruz e Náutico e ainda a presença do Campinense, que em 2016 fez a final da competição regional com o Santa Cruz. Para completar, o quarto clube do grupo, vindo do pote 4 (tradicionalmente composto por clubes mais fracos), deve ser o campeão do Nordestão de 2015, o Ceará, que muito provavelmente deve ser confirmado nos próximos dias pela CBF como o segundo representante do Estado na competição, depois que Uniclinic, Guarani de Juazeiro e Guarany de Sobral desistiram da disputa.

Outro clássico previsto para a primeira fase vai acontecer no Grupo D: o Clássico das Multidões entre os alagoanos CSA e CRB. Além deles, Itabaiana e ABC completam o grupo. Voltando ao Grupo B, um jogão que, mesmo não sendo clássico estadual, promete parar duas capitais nordestinas. Isto porque Fortaleza e Bahia vão se enfrentar, num grupo que tem, também, Altos e Moto Club.

Campeão nordestino de 2014 e semifinalista das duas últimas edições, o Sport encabeça o Grupo C, ao lado de Sampaio Corrêa, River-PI e Juazeirense. Por fim, no Grupo E, o maior campeão da história da competição, o Vitória, vai ter pela frente Sergipe, Botafogo-PB e América-RN.

Fórmula de disputa
A fórmula de disputa não muda. É a mesma dos últimos dois anos, desde que os clubes do Maranhão e do Piauí foram incluídos na competição. São cinco grupos de quatro clubes cada. Todos jogam contra todos dentro de seus grupos em turno e returno. Vão se classificar oito para as quartas de final: os campeões de cada grupo e os três melhores segundos colocados. A partir daí, é mata-mata, sempre em dois jogos, mas sem que um clube tenha a vantagem de dois empates para se classificar. Os times de melhor campanha no duelo têm apenas a vantagem de jogar a segunda partida em casa. É importante lembrar que no Nordestão vale a mesma regra da Copa do Brasil, em que o gol marcado fora de casa serve como critério de desempate.

Fonte: GE Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário