Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Na Marca do Pênalti desta quarta...

Imperatriz - Confira alguns tópicos da Coluna; "Na Marca do Pênalti", edição desta quarta-feira, 27 de julho de 2016, do jornal "Correio Popular";

Na Marca do Pênalti
27 de julho de 2016

A decisão...
...da Libertadores acontece nesta quarta-feira, logo mais à noite, em Medelin, na Colômbia, entre o Atlético Nacional, da Colômbia e o Independe Del Valle, do Equador. Na semana passada, as duas equipes se enfrentaram, no Equador, na primeira partida, que terminou empatada em 1 x 1. No jogo de hoje, o Atlético Nacional precisa de um empate sem gols para ficar com o título. Empate em 1 x 1, decisão vai para as penalidades máximas. Quem vencer, evidentemente, conquista o título. Estamos carecas de ver, e falar, que futebol não tem lógica e, nem sempre, o favorito, o melhor, vence. Nesta decisão, o time colombiano, o Atlético, é franco favorito, é melhor do que a equipe do Equador. Além de jogar um melhor futebol, os números mostram a superioridade do Atlético. Mas futebol se decide dentro das quatro linhas. Portanto o Atlético Nacional que não entre no oba-oba. Coloque as barbas de molho, jogue seu futebol para fazer jus ao título. Apesar das precauções, sou mais o Nacional.

Hoje tem...
...Copa do Brasil. São seis jogos de volta da 3ª fase que vai apontar as equipes classificadas para às oitavas de finais. Já estão classificados o Cruzeiro, Vasco e o Botafogo da Paraíba. Seis equipes serão definidas nos jogos de hoje e mais uma amanhã, quinta-feira (Fortaleza x América/MG). Completando as 16 equipes que vão disputar as oitavas, juntam-se as que jogaram a Libertadores (São Paulo, Atlético/MG, Grêmio, Palmeiras e Corinthians), além do Internacional, quinto colocado do Brasileiro do ano passado. O sorteio está previsto para o dia 2 de agosto, uma terça-feira, pela manhã, na sede da CBF. Agora, verdadeiramente, vai começar a Copa do Brasil.

JV Lideral...
...está se preparando para a Copa do Brasil Feminino, prevista para o mês de agosto. A repórter, Brenda Herênio, do Jornal Correio Popular, fez uma bela matéria na edição de ontem sobre as dificuldades que a equipe está enfrentando para poder participar da competição. Se imaginarmos que o futebol masculino encontra essas dificuldades, imagine no feminino, que, ainda, encontra alguma resistência, apesar de já ter anos que vem sendo difundido no nosso país. A principal dificuldade do Trator do Camaçari é financeira, já que o time conta com atletas de outras cidades e que precisam de alojamento e alimentação para ficar em Imperatriz e participarem dos treinos. As jogadoras não recebem salários e jogam por amor, o que já não existe no futebol masculino. Além disso, o
JV Lideral vai precisar se deslocar para o Piauí, onde jogará contra o Tiradentes, de Teresina. O jornal Correio Popular está fazendo a sua parte, divulgando a equipe e suas necessidades, já que é a única representante do estado do Maranhão. Fica a nossa expectativa para que empresas se interessem em veicular a sua marca, contribuindo para a participação do JV Lideral na Copa do Brasil de Futebol Feminino.

Vem aí...
...o Tocantins Esporte Club, conhecido também como “Tecão Maravilha” ou “Incrível Hulk”. De acordo com algumas informações que chegaram até a Coluna, foi realizada a eleição do Tocantins no último domingo e o empresário, Gregório Neto (o mesmo que foi presidente do Imperatriz no fim do estadual deste ano) foi eleito presidente. Em entrevista a uma emissora de rádio da cidade, Gregório disse que o objetivo inicial é investir na escolinha e nas categorias de base, onde, segundo ele, já tem o local para treinamentos. Anunciou, ainda, que o Tocantins participa da segunda divisão do futebol amador de Imperatriz deste ano. Perguntado sobre o profissional, o presidente disse que este projeto é mais para frente, possivelmente em 2018. O foco agora é a escolinha e as categorias de base.

Ou é profissional...
...ou não vinga. Esta é a minha opinião sobre a existência de Imperatriz e Tocantins. Quando cheguei aqui em Imperatriz em 89, Cavalo de Aço e Tecão Maravilha realizavam o maior clássico do Sul do Maranhão. Não tinha essa de Açailândia, Cordino, não. A torcida vibrava era com o “Tocantriz”, nome do grande clássico da Região. O Imperatriz era o time da elite, que contratava e, por isso, muitas vezes chegava mais longe no estadual. O Tocantins era montado especificamente com jogadores amadores. Por muitas vezes venceu os grandes da capital no Frei Epifânio. Dava muito trabalho no clássico local, vencendo em algumas oportunidades. Agora, ver o Tecão surgir e o novo presidente dizer que futebol profissional só daqui a dois anos, é como se fosse um gancho no queixo, que termina em nocaute. Muitos vão dizer: “mas tem que começar assim, com a base, formando jogadores, criando a estrutura”. O torcedor não quer saber disso. Quer ver é o Tecão no estadual. Essa de base é história para boi dormir. A mesma que aconteceu há aproximadamente dois anos, quando o filho do seu Edmilson, sócio da Liliane (não lembro o nome), foi o presidente e chegou com esse mesmo projeto. O que aconteceu? Mesmo assim, a Coluna deseja sorte ao novo presidente do Tocantins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário