Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

segunda-feira, 25 de abril de 2016

De malas prontas....

No 1º jogo, Imperatriz e Fortaleza empataram em 1 x 1.
Imperatriz - Após a vitória de ontem, domingo, 3 x 0 sobre o Araioses e, consequentemente, a classificação para as semifinais do 2º turno do Campeonato Maranhense, o Imperatriz troca o chip e volta às atenções, agora, para a Copa do Brasil, onde, na quarta-feira (27), enfrenta o Fortaleza, às 21h45min, no estádio Castelão, na capital cearense, jogo de volta da Copa do Brasil. No jogo de ida, aqui em Imperatriz, as equipes empataram em 1 x 1.

O time treinou na manhã desta segunda-feira, no estádio municipal Frei Epifânio e tem viagem programada para o início da tarde, via terrestre, para a cidade de Marabá, no estado do Pará. De lá pega voou com destino a Brasília e de lá para Fortaleza. A viagem até Marabá, via terrestre, se faz necessária por que a empresa Gol deixou de operar em Imperatriz.

Na capital cearense, o técnico Sandow Feques pretende realizar um treinamento, antes do jogo de quarta-feira. O local, ainda, está indefinido.

Os jogadores Otávio e Thiago Bonfim, que cumpriram suspensão no jogo contra o Araioses, vão está à disposição para enfrentar o Fortaleza. O mesmo serve para Bruno Rodrigues, que foi expulso após o término do jogo contra o Araioses. Outro que, também, tem presença garantida na partida é o goleiro Raphael Barrios, que recebeu o 3º cartão amarelo contra o Araioses. Como a punição foi no estadual, os dois jogadores poderão jogar na Copa do Brasil.

Problemas
Nem a vitória, 3 x 0, diante do Araioses foi suficiente para diminuir os problemas financeiros do clube. Com a presença de poucos torcedores no jogo de ontem, e com o ingresso ao preço de R$ 10,00 (Dez reais), preço único, a renda, que dizem ter sido um pouco mais de R$ 500,00 (Quinhentos reais), não foi suficiente para amenizar a situação financeira caótica que o time atravessa.

Diante disso, os jogadores estão ameaçando não viajar, caso não seja pago, pelo menos, um mês de salários atrasados. Esta está sendo a forma encontrada pelos jogadores para pressionar a diretoria do clube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário