Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

Rádio MDB Brasil Nacionais

Rádio MDB Internacionais Dançantes

Rádio MDB 2 Internacionais Românticas

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Bastidores da política desta quarta.....

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta quarta-feira, 1º de abril de 2015.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
1 de Abril de 2015 

Polêmica
Uma questão que está mexendo com toda a sociedade é a proposta de redução da maioridade penal. Muita polêmica ainda está por vir. Ontem, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara aprovou a admissibilidade da PEC 171/93, que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos. Foram 42 votos a favor e 17 contra, gerando protestos de manifestantes presentes na reunião. O governo, com apoio de partidos aliados, vai jogar duro contra a aprovação da PEC no plenário da Câmara e do Senado.  Na votação da CCJ, o PT, Psol, PPS, PSB e PCdoB se posicionaram contra a proposta. Os partidos favoráveis foram PSDB, PSD, PR, DEM, PRB, PTC, PV, PTN, PMN, PRP, PSDC, PRTB. Liberaram suas bancadas porque havia deputados contra e a favor os seguintes partidos: PMDB, PP, PTB, PSC, SD, Pros, PHS, PDT e PEN. E nas ruas, o que o povo pensa? Está sendo assinado um manifesto por juristas, religiosos, OAB, ONGs, sindicalistas, intelectuais e dezenas de outras personalidades. O Ministério Público também é contra a PEC. A Câmara criará uma comissão especial para examinar o conteúdo da proposta.

Muleta
O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Rogério Cafeteira (PSC), ao ocupar a tribuna para defender o governador Flávio Dino (PCdoB) de críticas da Oposição, afirmou que já chega do Estado “servir de muleta” para empresas em dificuldades econômicas, pois não é justo que o povo do Maranhão pague por dificuldades da Alumar. Rogério Cafeteira reclamou que a oposição quer que o governo do Estado do Maranhão, que é pobre e enfrenta dificuldades, se comporte como o governo Federal, que durante muito tempo “serviu de muleta” para a indústria automobilística nos tempos de crise no setor. Na visão de Cafeteira, Flávio Dino está certo na sua postura, pois a Alumar tem que encontrar o caminho para resolver seus problemas financeiros.

Juntos
O radialista Nardele Oliveira informa que três ex-prefeitos de Lajeado Novo estão se articulando para que um deles seja escolhido para disputar o cargo em 2016. São eles: Raimundo Barros (PRB), Dete (DEM) e Antonio Pereira (PDT). Eles já foram adversários. Resta saber qual estará apto a ser candidato, porque será difícil para quem tiver contas rejeitadas. O atual prefeito é Edson Francisco, que está com o ibope baixo junto ao eleitorado.

Demissões
O governador Flávio Dino (PCdoB) voltou a lamentar a decisão da Alcoa de retomar demissões iniciadas em 2014. O Governo do Estado está cobrando explicações e providências da empresa. A Alcoa vem desativando operações com alumínio no Maranhão há alguns anos. Agora resolveu encerrá-las e anunciar mais demissões.

Bala trocada
Em Brasília, o PMDB está se afastando do PT. No Maranhão, o PT já se afastou do PMDB.

Olha aí!
Ontem, uma fonte informou que um integrante da situação municipal teria revelado a um grupo de sem-terra que é pretenso candidato à sucessão do prefeito Sebastião Madeira. Não seria nenhuma novidade, porque vários aliados do prefeito não escondem o desejo de sucedê-lo. Só que o jogo é complicado, e a bola terá que passar pelos pés de Flávio Dino.

Agiotagem
A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Maranhão realizou ontem ações de combate ao crime de agiotagem no estado. Durante a operação deflagrada pela manhã, foram feitas duas prisões, nove conduções coercitivas e cumpridos 38 mandados de busca e apreensão. Foi presa a ex-prefeita Arlene Barros, de Dom Pedro. A operação é desdobramento do “Caso Décio Sá”, jornalista assassinado em 23 de abril de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário