Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Bastidores da política desta sexta...

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta sexta-feira, 15 de agosto.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
15 de Agosto de 2014   

Ausente
Embora sendo do grupo liderado por Flávio Dino (PCdoB), a candidata a deputada federal Rosângela Curado (PDT) não participou da recepção feita ao presidenciável Aécio Neves (PSDB). É, há aqueles que são como água e óleo: “se juntam, mas não se misturam”. A dinâmica política colocou no mesmo palanque dois grupos adversários em Imperatriz, e não está em jogo apenas a eleição deste ano. Daqui a dois anos tem a disputa  pela prefeitura e dificilmente Rosângela Curado ficará fora da briga.

Tucanou
A candidata a deputada estadual Mara La Rocque é do PPS, que está coligado com o PSB, partido que tinha Eduardo Campos como candidato a Presidente da República e agora deve lançar Marina Silva. Mas na terça-feira, portanto quando Campos ainda estava vivo, ela participou ativamente da recepção a Aécio Neves (PSDB) em Imperatriz. Com adesivo do tucano, até discursou na solenidade de inauguração do Comitê Aécio-Flávio. Mas isso não acontece somente em relação a esse caso. Na campanha, não só regional mas nacional, está uma mistura danada.

Dobradinha
O candidato a deputado federal Francisco Escórcio (PMDB) e o vereador Raimundo Roma (PSL), candidato a deputado estadual, estão fazendo caminhadas juntos nos bairros de Imperatriz. Em outros municípios, especialmente de outras regiões, Escórcio faz dobradinha com o deputado estadual Antonio Pereira (DEM).

Engraçado
Um grupo tentava desqualificar um instituto de pesquisa maranhense e agora está contratando os seus serviços. Passará a ser idônea e as pesquisas verdadeiras. É a mesma coisa no caso de adesões. Quando o político está do outro lado é demônio. Quando adere, vira santo...

Aguardar
Ainda nem aconteceu o sepultamento de Eduardo Campos e as conversas já predominam em torno de quem será seu substituto e como ficaria o cenário eleitoral para a Presidência da República.  Entra Marina? A situação melhora para Dilma Rousseff ou Aécio Neves? Ou fica pior para os dois? O PSB tem dez dias para indicar ou não quem ficará no lugar de Campos. Há quem acredite que a possibilidade de Marina alcançar o tucano é muito maior que a de Campos. Na verdade, só no decorrer da campanha é que se saberá melhor o que pode acontecer.

E...
O PSB ainda não definiu a data que irá tratar da substituição de Eduardo Campos. Em comunicado oficial, a sigla informou que “a direção do PSB tomará, quando julgar oportuno, e ao seu exclusivo critério, as decisões pertinentes à condução do processo político-eleitoral”. De acordo com a legislação eleitoral, o partido tem até dez dias contados da morte do candidato para indicar à Justiça Eleitoral o substituto.

Oportunismo
“No Maranhão estamos descambando para o oportunismo e não mais pragmatismo. Não existe divergência política entre Lobão Filho e Flávio Dino. O PCdoB compõe o governo Dilma, mas a necessidade de derrotar o grupo Sarney a qualquer custo faz com que equivocadamente se unam com a ultradireita”. Frase do candidato a governador Luís Antônio Pedrosa (PSOL), em entrevista à Rádio Mirante AM.

Inaugurando
Cerca de 60 mil consumidores serão beneficiados com a inauguração da Subestação Beira-Rio, que acontece nesta sexta-feira (15), em Imperatriz. A CEMAR investiu R$ 7 milhões na construção da Subestação, e uma Linha de distribuição de 5 km. Foram implantados 67 postes e cerca de 4,7m de cabos (rede). A obra de interligação iniciou em dezembro de 2013 e encerrou em julho de 2014. Já a subestação foi concluída em 6 meses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário