Parceiro do Blog

Parceiro do Blog

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Bastidores da política desta quinta...

Imperatriz - Confira alguns tópicos da "Coluna Bastidores", escrita pelo jornalista, Coló Filho, no jornal "O Progresso", edição desta quinta-feira, 14 de agosto.
Jornalista, Coló Filho, de O Progresso.

Bastidores
14 de Agosto de 2014    

Perda
Profundamente lamentável a morte do candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB). Não somente pelo fim da sua vida, mas também pelo que ele representava para a política brasileira. Foi, sem dúvida, uma grande perda para o Brasil. Os políticos, adversários ou não, reconheciam as qualidades do cidadão e político neto de Miguel Arraes, um dos principais nomes da história política brasileira. O País chora a morte de Eduardo Campos. O País parou. No momento, a disputa eleitoral está suspensa. Os candidatos se recolheram em respeito a esta figura importante que sonhava em governar a Nação. Mas o sonho acabou! E aos brasileiros só restará a lembrança deste grande estadista, que ontem partiu para a eternidade aos 49 anos, vítima de uma tragédia aérea em Santos.

Vixe!
Ontem o vereador Carlos Hermes subiu à tribuna para falar sobre a visita que Aécio Neves (PSDB) fez a Imperatriz, acompanhado do candidato a governador Flávio Dino (PCdoB). Embora sendo do partido de Dino, Carlos Hermes disse que apoia Dilma Rousseff (PT). Quando citou o nome da presidente, o vereador Hamilton Miranda falou: Ave Maria. 
E se benzeu. 

Pulou
Durante as discussões em torno das eleições, o vereador Richard Wagner Silva disse que já está cansado desse discurso de oligarquia, observando que vários sarneystas hoje estão apoiando Flávio Dino. E, apontando para Hamilton Miranda, afirmou: - Olha aqui um, que acaba se aliar ao candidato do PCdoB...

Comportamento
O candidato Lobão Filho (PMDB) afirmou que Flávio Dino ainda não decidiu “o que quer da vida”, referindo-se ao comportamento do comunista de querer apoiar Aécio e Dilma. Também queria ficar do lado de Eduardo Campos, falecido ontem .“O candidato comunista ainda não descobriu o que ele quer da vida. E um homem que tem esse tipo de comportamento, se ele faz isso com os candidatos a presidente da República, você imagina o que faria com o povo se fosse o eleito”, declarou. 

E...
Lobão Filho desafiou Dino a trazer Lula e Dilma para o seu palanque. “Lula e Dilma sempre estiveram comigo. O meu pai é ministro da Dilma, eu sou amigo pessoal do Lula, já estive com ele várias vezes. Vou trazê-los aqui ao Maranhão. Eu quero ver se o candidato comunista consegue trazê-los também”.

Coincidência
O médico Zeluis Lago não se esquece do que fizeram com o seu irmão, Jackson Lago, nas eleições de 2010. “Jackson disputou a eleição, mas alguns candidatos passaram a espalhar em todo o Maranhão que ele era ficha-suja e que o voto no Jackson seria nulo. Se já não bastasse o golpe judicial, Jackson sofreu o golpe de falsos oposicionistas. Jackson tinha 32% das intenções de voto contra 6% do outro (Flávio Dino), mas após a boataria, isso se inverteu. Jackson foi atacado covardemente pelos falsos oposicionistas”, afirmou Zeluis em entrevista à Rádio Mirante AM de São Luís, ontem. E acrescentou: “É muita coincidência o que aconteceu com o Jackson Lago em 2010 e a minha impugnação. Fizeram com Jackson e agora querem fazer com a minha candidatura, mas essa falsa oposição, pois é oriunda do grupo Sarney, não conseguirá. Vencemos no TRE por 5×0”.

Lamento
A agenda de campanha do candidato da Coligação Todos Pelo Maranhão, Flávio Dino, foi suspensa ontem em razão da morte do candidato à Presidência da República, Eduardo Campos. Flávio participaria à tarde de Encontro de Mulheres, na cidade de São Luís, e de lançamento de candidatura à noite. “A dor é proporcional à gratidão pessoal que tenho por Eduardo, que sempre foi muito solidário e leal com a nossa luta no Maranhão”, lamentou Flávio Dino.

Luto
A governadora Roseana Sarney, assim como todo o Brasil, ficou chocada com a notícia da morte de Eduardo Campos (PSB). Ela decretou luto de três dias pela morte do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República.

Nenhum comentário:

Postar um comentário